Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Linfadenite

Por

Wingfield E. Rehmus

, MD, MPH, University of British Columbia

Última modificação do conteúdo fev 2021
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

É a infecção aguda de um ou mais linfonodos. Os sinais e sintomas são dor, sensibilidade e aumento de tamanho dos linfonodos. O diagnóstico é tipicamente clínico. O tratamento costuma ser empírico.

A linfadenite é o quadro resultante de diversas infecções: virais, bacterianas, fúngicas e por protozoários. A linfadenite focal é proeminente na infecção por estreptococos, tuberculose ou micobacterioses não tuberculosas, tularemia, peste, doença da arranhadura do gato, sífilis primária, linfogranuloma venéreo, cancroide e herpes simples genital. Linfadenite multifocal pode ocorrer em pacientes com:

Sinais e sintomas da linfadenite

A linfadenite causa dor, prostração e aumento de tamanho dos linfonodos. A dor e a prostração tipicamente distinguem linfadenite de linfadenopatia. Em algumas infecções, a pele sobrejacente é inflamada e, ocasionalmente com celulite Celulite É uma infecção bacteriana aguda da pele e tecido subcutâneo, geralmente causada por estreptococos ou estafilococos. Sinais e sintomas são dor, calor, eritema de rá... leia mais Celulite . Podem se formar abscessos e sua penetração na pele causa fístulas drenantes. Febre é comum.

Diagnóstico da linfadenite

  • Avaliação clínica

  • Às vezes, aspiração, cultura ou biópsia excisional.

Em geral, a causa de base é sugerida por história e exame clínico. Caso contrário, indica-se biópsia (1 Referência sobre diagnóstico É a infecção aguda de um ou mais linfonodos. Os sinais e sintomas são dor, sensibilidade e aumento de tamanho dos linfonodos. O diagnóstico é tipicamente clí... leia mais Referência sobre diagnóstico ) e aspiração do material para cultura.

Referência sobre diagnóstico

Tratamento da linfadenite

  • Tratamento da causa

O tratamento da linfadenite é direcionado à causa e, em geral, empírico. As opções incluem antibióticos IV, tipicamente direcionados a Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes; antifúngicos; e antiparasitários dependendo da etiologia ou suspeita clínica. Muitos pacientes com linfadenite respondem à terapia ambulatorial com antibióticos orais. Contudo, pode também evoluir formando abscessos Abscesso cutâneo É uma coleção localizada de pus na pele, podendo ocorrer em qualquer superfície da pele. Os sinais e sintomas são dor, flacidez e edema flutuante ou firme. O diagnó... leia mais , necessitando intervenção cirúrgica, um procedimento extenso que deve ser acompanhado de antibióticos IV. Em crianças, os antibióticos IV são administrados de rotina. Compressas úmidas, quentes, podem aliviar a dor.

A linfadenite normalmente se resolve com o tratamento oportuno, embora seja comum a linfadenopatia residual palpável e persistente.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS