Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Sobre os Manuais MSD

Última modificação do conteúdo jun 2020

Publicado pela primeira vez em 1899 como um pequeno livro de consulta para médicos e farmacêuticos, tanto o tamanho como o escopo do Manual aumentaram, fazendo com que ele se tornasse um dos recursos médicos abrangentes mais amplamente usados por profissionais e pelo público em geral. Conforme o Manual evoluiu, ampliou continuamente o alcance e a profundidade das informações prestadas de modo a refletir a missão de oferecer as melhores informações médicas da época para uma ampla gama de usuários, incluindo profissionais médicos e alunos de medicina, veterinários e alunos de veterinária e público leigo.

Nossa missão

Acreditamos que o acesso a informações sobre a saúde é um direito universal e que todos têm o direito de receber informações médicas exatas, acessíveis e úteis. Também acreditamos que temos a responsabilidade de proteger, preservar e compartilhar as melhores informações médicas atuais para ajudar com a tomada de decisões mais informadas, aprimorar os relacionamentos entre pacientes e profissionais e melhorar os resultados dos cuidados de saúde por todo o mundo.

Cumprindo a missão

Uma simples verdade

Books for Africa

Books for Africa

Por meio de parcerias e organizações, como a Books for Africa, a equipe a cargo dos Manuais doou mais de 200.000 cópias das versões para Profissionais de Saúde e de Saúde para a Família dos Manuais para serem distribuídas para médicos, enfermeiros e assistentes de saúde comunitários em países em desenvolvimento.

Para indicar nosso profundo compromisso com o acesso mundial a informações médicas e o aprimoramento da saúde mundial, estamos disponibilizando os Manuais em formato digital a profissionais de saúde e público em geral gratuitamente.

Temos mantido uma iniciativa de difusão de informações em países em desenvolvimento há décadas. Por meio de parcerias com organizações, como a Books for Africa, doamos mais de 200.000 cópias das versões para Profissionais de Saúde e de Saúde para a Família dos Manuais para organizações não governamentais (ONGs) para serem distribuídas para médicos, enfermeiros e assistentes de saúde comunitários em países em desenvolvimento.

Em 2015, demos início à nossa mais abrangente iniciativa de difusão de conhecimentos médicos até hoje, o Conhecimento Médico Global 2020. Por meio desse projeto global, os Manuais têm por objetivo colocar as melhores informações médicas atuais à disposição de até três bilhões de profissionais da saúde e pacientes por todo o mundo até o ano 2020. Como parte desse projeto, todas as traduções dos Manuais estarão disponíveis na internet e serão mantidas atualizadas.

Independência editorial

Os Manuais são o resultado de uma colaboração entre centenas de médicos especialistas por todo o mundo, um comitê editorial independente de revisão por pares e nossa equipe de redação formada por médicos e escritores médicos profissionais. Há mais de cem anos temos uma independência editorial total para podermos apresentar as melhores opiniões atuais sobre diagnóstico e tratamento médico e de nenhuma forma promovendo ou fazendo propaganda de produtos MSD. Para garantir a ausência de uma parcialidade comercial ou empresarial, os autores e os revisores por pares não podem ser funcionários da Merck & Co., Inc., sediada em Kenilworth, NJ, EUA, nem podem ser porta-vozes de nossos produtos farmacêuticos ou representarem de alguma maneira a empresa. Embora a equipe de redação integre a equipe de funcionários da Merck & Co., Inc., sediada em Kenilworth, NJ, EUA, nenhum tipo de controle, revisão ou mesmo opinião sobre o teor dos Manuais é permitido a qualquer outra parte da nossa empresa, incluindo os setores de pesquisa e desenvolvimento, vendas e marketing, relações públicas, jurídico e equipe administrativa.

Déficit no conhecimento médico global

Duas décadas de pesquisas registraram uma crise cada vez maior nos conhecimentos médicos que afeta de maneira negativa a capacidade das pessoas de tomar decisões de saúde informadas, prejudica os relacionamentos entre pacientes e profissionais e cria barreiras para a obtenção de melhores resultados de saúde nos EUA e ao redor do mundo.