Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Infecções adquiridas no hospital

Por

Oren Traub

, MD, PhD, Pacific Medical Centers

Última revisão/alteração completa mar 2018| Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O paciente que é internado tem o risco de adquirir uma infecção no hospital. Essas infecções são chamadas infecções nosocomiais. Nos Estados Unidos, aproximadamente entre 4 e 5% dos pacientes hospitalizados adquirem uma infecção nosocomial e aproximadamente 75.000 desses pacientes morrem todos os anos. (Consulte também Problemas devidos à hospitalização.)

O risco de infecção é maior em

  • Bebês

  • Pessoas mais velhas

  • Pessoas que possuem um sistema imunológico debilitado

Infecções nosocomiais podem ser provocadas por bactérias ou por fungos. As infecções fúngicas e bacterianas podem ser perigosas e letais.

Os organismos que são adquiridos nos hospitais são geralmente resistentes a muitos antibióticos comuns. O uso frequente de antibióticos nos hospitais propicia o desenvolvimento de cepas resistentes.

As infecções adquiridas nos hospitais incluem pneumonia, infecções do trato urinário, infecção de incisões cirúrgicas e infecções do sangue.

Infecções pulmonares

O paciente que fica no leito não usa tanto os pulmões, e os músculos que controlam a respiração podem enfraquecer. Assim, respirar fundo pode ser difícil, e se houver um acúmulo de muco nas vias aéreas, o paciente pode não conseguir tossir com força suficiente para limpar o muco. Quando há um acúmulo de muco, não é possível limpar as bactérias das vias aéreas muito bem e pode se desenvolver um quadro de pneumonia.

O risco de infecções pulmonares é aumentado com o seguinte:

  • Uso de um respirador, que torna o risco muito alto

  • Ter tido tratamento com antibiótico anteriormente

  • Ter outros distúrbios, como distúrbios do coração, dos pulmões, do fígado ou do rim

  • Idade acima de 70 anos

  • Viver em uma casa de repouso

  • Ter tido cirurgia abdominal ou do tórax

  • Tomar determinados medicamentos, como inibidores da bomba de prótons, que diminuem a quantidade de suco gástrico

Exercícios para respirar fundo e tossir podem ajudar a prevenir infecções pulmonares. Esses exercícios podem ajudar a manter os pulmões abertos e a impedir que os músculos da respiração enfraqueçam.

Infecções do trato urinário

Algumas vezes, o paciente no hospital tem um tubo de drenagem colocado na bexiga (cateter urinário). Um cateter pode ser inserido quando os médicos precisam monitorar de perto o quanto de urina o paciente produz, como, por exemplo, nos que estão criticamente doentes. No passado, os médicos colocavam cateteres urinários em pessoas que tinham incontinência. No entanto, os cateteres aumentam, significativamente, o risco de infecção do trato urinário, pois facilitam a entrada de bactérias na bexiga.

Assim, para evitar infecções do trato urinário, os médicos tentam usar esses cateteres o mais raramente possível. Quando os cateteres são usados, eles deverão ser cuidadosamente limpos e examinados regularmente. Se o paciente tiver incontinência urinária, fraldas trocadas com a frequência que for necessária são uma melhor escolha que um cateter urinário.

Prevenção de infecções adquiridas no hospital

Medidas gerais que os membros da equipe do hospital usam para ajudar a prevenir infecções adquiridas no hospital incluem as seguintes:

  • Lavar as mãos frequentemente

  • Usar frequentemente desinfetantes à base de álcool.

  • Usar equipamento de proteção, como luvas e roupas de proteção quando procedimentos são realizados

Para evitar o desenvolvimento de bactérias resistentes, muitos hospitais têm programas para limitar o uso de antibióticos, de modo que eles sejam administrados apenas aos pacientes com infecções comprovadas. Além disso, muitos hospitais limitam a utilização dos antibióticos mais recentes e potentes para evitar o desenvolvimento de resistência.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Exame de tomografia computadorizada (TC)
Vídeo
Exame de tomografia computadorizada (TC)
Um exame de TC é utilizado para detectar lesão em ossos e tecidos moles. Durante o procedimento...
Raios X
Vídeo
Raios X
A tecnologia de raios X utiliza raios de alta energia que podem atravessar certos tecidos...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS