Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Edema pulmonar por imersão

(Edema pulmonar induzido por natação; EPIN)

Por

Richard E. Moon

, MD, Duke University Medical Center

Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

O edema pulmonar por imersão é um edema pulmonar de início repentino que, em geral, ocorre precocemente durante um mergulho enquanto estiver em profundidade.

O edema pulmonar por imersão se tornou mais comum nas últimas 2 décadas. Alterações na função sistólica do ventrículo esquerdo ou na função diastólica podem contribuir. O edema pulmonar por imersão não está relacionado com o barotrauma de pulmão ou doença da descompressão. Os fatores de risco incluem exposição à água fria, história de hipertensão arterial, doenças pulmonares e outros doenças cardíacas que podem contribuir para a pressão diastólica final do ventrículo esquerdo elevada (incluindo doenças valvares e miocardiopatia). A síndrome ocorre em mergulhadores e sobretudo em nadadores profissionais que nadam em mar aberto.

Grave dispneia se desenvolve. Os mergulhadores geralmente descem rapidamente e têm tosse, escarro espumoso, crepitações esparsas pelos campos pulmonares e, às vezes, cianose. Hipóxia costuma ocorrer.

Radiografia de tórax revela edema pulmonar típico. A avaliação cardíaca geralmente mostra funções ventricular esquerda e direita normais e artérias coronárias normais, mas foram relatadas alterações no movimento da parede, disfunção valvar e miocardiopatias. A disfunção diastólica pode ser documentada por ecocardiografia.

A administração de oxigênio para tratar a hipoxemia e, às vezes, agonistas beta-2 inaláveis geralmente são suficientes para que o edema pulmonar por imersão desapareça. Diuréticos raramente são necessários. Ventilação mecânica pode ser necessária para os casos graves. Terapia de recompressão não é indicada.

Prevenção

Os esforços de prevenção visam identificar os pacientes de alto risco. Deve-se examinar nos indivíduos que tiveram edema pulmonar por imersão doenças predisponentes como hipertensão arterial, doença cardíaca valvar, miocardiopatia e doenças pulmonares. Deve-se considerar doença coronariana silenciosa em indivíduos em risco.

Informações adicionais

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Alteração unilateral no teste de Thompson
Vídeo
Alteração unilateral no teste de Thompson
Modelos 3D
Visualizar tudo
Tecido conjuntivo musculoesquelético
Modelo 3D
Tecido conjuntivo musculoesquelético

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS