Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Vacinação pneumocócica

Por

Margot L. Savoy

, MD, MPH, Lewis Katz School of Medicine at Temple University

Última revisão/alteração completa out 2020| Última modificação do conteúdo out 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

As vacinas pneumocócicas ajudam a proteger contra infecções bacterianas causadas por Streptococcus pneumoniae (pneumococos). As infecções pneumocócicas Infecções pneumocócicas As infecções pneumocócicas são causadas pela bactéria Gram-positiva em forma de esfera (coco) (veja a figura Como as bactérias tomam forma) Streptococcus pneumoniae (pneumococo). Essas bactérias... leia mais incluem infecções do ouvido Otite média (aguda) A otite média aguda é uma infecção bacteriana ou viral do ouvido médio. A otite média aguda frequentemente ocorre em pessoas com um resfriado ou alergias. O ouvido infectado é doloroso. Os médicos... leia mais Otite média (aguda) , sinusite Sinusite A sinusite é a inflamação dos seios paranasais, muitas vezes causada por infecção bacteriana ou viral, ou por alergia. Alguns dos sintomas mais comuns da sinusite são dor, sensibilidade, congestão... leia mais , pneumonia Considerações gerais sobre pneumonia A pneumonia é uma infecção dos pequenos sacos de ar (alvéolos) do pulmão e tecidos circundantes. A pneumonia é uma das causas mais comuns de morte no mundo. Frequentemente, a pneumonia é a doença... leia mais Considerações gerais sobre pneumonia , infecções da corrente sanguínea Bacteremia Bacteremia é a presença de bactérias na corrente sanguínea. A bacteremia pode resultar de atividades comuns (como escovação vigorosa dos dentes), de procedimentos médicos ou dentários, ou de... leia mais e meningite Meningite bacteriana aguda A meningite bacteriana aguda é uma inflamação, que se desenvolve rapidamente, das camadas do tecido que cobrem o cérebro e a medula espinhal (meninges) e o espaço preenchido por líquido entre... leia mais .

Para obter mais informações, consulte a Declaração de informações sobre a vacina pneumocócica conjugada (PCV13) e a Declaração de informações sobre a vacina polissacarídica pneumocócica dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças) (CDC).

Há mais de noventa tipos diferentes de pneumococos. As vacinas são direcionadas contra muitos dos tipos com mais probabilidade de causar doença grave. Há dois tipos de vacinas pneumocócicas disponíveis:

  • A vacina conjugada (PCV13) protege contra treze tipos de bactérias pneumocócicas (pneumococos).

  • A vacina polissacarídica (PPSV23) protege contra 23 tipos de pneumococos.

Administração da vacina pneumocócica

A vacina PCV13 é aplicada em um músculo. O número de doses depende da idade da pessoa. Ela é rotineiramente recomendada para

A vacina PCV13 também é recomendada para pessoas de 6 a 64 anos de idade que apresentem risco elevado de desenvolverem infecções pneumocócicas. Essas pessoas incluem

A vacina PPSV23 é aplicada sob a pele ou no músculo. Ela é rotineiramente recomendada para

  • Todas as pessoas a partir de 65 anos de idade

Se as pessoas a partir de 65 anos tiverem recebido a vacina PPSV23 quando tinham menos de 65 anos, elas receberão uma segunda dose, pelo menos cinco anos após a primeira. Por exemplo, se elas receberam a primeira dose aos 64 anos, elas receberão a segunda dose aos 69 anos de idade ou depois.

A vacina PPSV23 também é recomendada para pessoas de 2 a 64 anos de idade que tenham risco elevado de desenvolverem infecções pneumocócicas. Essas pessoas incluem as seguintes:

A vacina PPSV23 é eficaz na prevenção de algumas das complicações sérias da pneumonia pneumocócica (como infecções da corrente sanguínea), mas é menos eficaz em idosos debilitados. Se as pessoas receberem uma vacina pneumocócica pela primeira vez aos 65 anos de idade, elas receberão primeiramente a vacina PCV13 e um ano depois a vacina PPSV23.

Se as pessoas tiverem uma doença temporária, os médicos costumam aguardar para administrar a vacina até que a doença esteja curada (consulte também CDC: Quem NÃO deve ser vacinado com essas vacinas?).

Efeitos colaterais da vacina pneumocócica

Ocasionalmente, o local da injeção fica dolorido e vermelho. Outros efeitos colaterais incluem febre, irritabilidade, sonolência, perda do apetite e vômito.

Mais informações sobre a vacina pneumocócica

Seguem alguns recursos em inglês que podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desses recursos.

  • Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC): Declaração de informações sobre a vacina pneumocócica conjugada (PCV13)

  • CDC: Declaração de informações sobre a vacina polissacarídica pneumocócica (PPSV23)

  • CDC: Informações sobre pessoas que NÃO devem ser vacinadas com a vacina PCV13 ou PPSV23

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Verrugas genitais - infecção por HPV
Qual a porcentagem de mulheres nos Estados Unidos que foram infectadas pelo papilomavírus humano (HPV) pelo menos uma vez até os 50 anos de idade?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS