Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Isquemia mesentérica aguda

Por

Parswa Ansari

, MD, Hofstra Northwell-Lenox Hill Hospital, New York

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

A isquemia mesentérica aguda é o súbito bloqueio do fluxo sanguíneo a uma parte do intestino, que pode vir a causar gangrena e perfuração (punção).

  • Uma dor abdominal grave surge abruptamente.

  • Pode ser realizada uma angiografia.

  • É necessário tratamento imediato por meio de angiografia ou cirurgia

A isquemia mesentérica aguda possui múltiplas causas. As mais comuns são

  • Embolia arterial

  • Trombo arterial

A embolia arterial é um coágulo sanguíneo ou parte do material da placa aterosclerótica (o acúmulo de colesterol e outros materiais gordurosos em uma artéria) que se desloca de sua origem, no coração ou aorta, para se alojar nas artérias menores (nesse caso, as artérias intestinais).

Um trombo arterial é um coágulo sanguíneo que se forma espontaneamente nas artérias ou veias intestinais, incluindo as do intestino, e bloqueia o fluxo.

O bloqueio do fluxo sanguíneo por mais de seis horas pode fazer com que a região afetada do intestino sofra necrose, permitindo que as bactérias intestinais invadam o sistema da pessoa. Choque, falência dos órgãos e morte são prováveis se ocorrer necrose do intestino.

Sintomas da isquemia mesentérica aguda

Inicialmente, a pessoa apresenta dor abdominal Dor abdominal aguda A dor abdominal é comum e, geralmente, pouco importante. Dores abdominais graves que surgem rapidamente, porém, quase sempre indicam um problema significativo. A dor pode ser o único sinal da... leia mais intensa, que geralmente surge subitamente, porém ela apenas sente uma dor leve quando o médico pressiona o abdômen durante o exame (ao contrário de distúrbios como, por exemplo, apendicite ou diverticulite, que causam uma dor muito pior quando o abdômen é pressionado). Posteriormente, quando o intestino começa a necrosar, o exame do abdômen pelo médico provoca dor mais intensa.

Diagnóstico da isquemia mesentérica aguda

  • Exame médico

  • Angiografia por tomografia computadorizada (TC)

Se a pessoa tiver os sintomas habituais de isquemia mesentérica aguda ou se o abdômen ficar muito sensível, o médico geralmente realiza cirurgia imediatamente.

Se o diagnóstico de isquemia mesentérica aguda não estiver claro, o médico realiza uma angiotomografia Angio-TC Na tomografia computadorizada (TC), que antigamente era chamada de tomografia axial computadorizada (TAC), uma fonte de raios X e um detector de raios X giram em torno da pessoa. Nos aparelhos... leia mais Angio-TC (uma TC especial na qual contraste radiopaco é injetado em uma veia do braço para gerar imagens de vasos sanguíneos) para tentar encontrar inchaço no intestino ou bloqueio nas artérias que fornecem sangue ao intestino.

Prognóstico da isquemia mesentérica aguda

Se o médico conseguir fazer o diagnóstico, normalmente a pessoa se recupera bem. Se o diagnóstico não for feito ou se o tratamento não for iniciado antes que parte do intestino sofra necrose, 70% a 90% das pessoas morrem. Uma pessoa não consegue sobreviver se quase todo o intestino delgado necrosar ou for removido.

Tratamento da isquemia mesentérica aguda

  • Cirurgia

  • Angiografia

  • Medicamentos para prevenir coagulação

Se uma isquemia mesentérica for diagnosticada durante a cirurgia, o bloqueio do vaso sanguíneo pode, às vezes, ser removido ou desviado, mas em outras situações, o intestino afetado precisa ser removido.

Se uma isquemia mesentérica for diagnosticada durante uma angiografia por TC, o médico pode tentar aliviar o bloqueio nos vasos sanguíneos utilizando angiografia. Na angiografia, um pequeno tubo flexível (cateter) é inserido pela artéria na virilha e nas artérias do intestino. Se for observado um bloqueio durante a angiografia, às vezes o mesmo pode ser aberto pela injeção de determinados medicamentos, aspirando um coágulo de sangue utilizando um cateter especial de angiografia ou inflando um pequeno balão dentro da artéria para ampliá-lo e, então, colocando um pequeno tubo ou malha de arame (stent) para mantê-lo aberto. Se o médico não conseguir abrir com sucesso o bloqueio utilizando estes procedimentos, a pessoa necessita de uma cirurgia para abri-lo ou para remover a parte afetada do intestino.

Após a recuperação, muitas pessoas precisam tomar medicamentos para ajudar a evitar a coagulação sanguínea.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Esofagite eosinofílica
A esofagite eosinofílica é um distúrbio inflamatório, no qual a parede do esôfago, um tubo que leva da garganta até o estômago, se enche de um tipo de glóbulo branco chamado eosinófilo. Qual das opções seguintes é considerada a causa desse distúrbio?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS