Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Camomila

Por

Laura Shane-McWhorter

, PharmD, University of Utah College of Pharmacy

Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

A flor da camomila é secada e ingerida como chá, consumida em forma de cápsula ou utilizada topicamente como um extrato.

Alegações

Acredita-se que o chá de camomila reduza a inflamação e a febre, seja um sedativo leve, tenha efeito antidepressivo, alivie cólicas de estômago e indigestão e promova a cicatrização de úlceras gástricas. O extrato de camomila aplicado topicamente em compressas parece aliviar a irritação da pele. O mecanismo de ação deve-se a um óleo essencial que contém constituintes de bisabolol e os flavonoides apigenina e luteolina.

Evidências

As evidências dos ensaios clínicos para embasar o uso da camomila são limitadas. No entanto, ensaios randomizados, duplo-cegos, controlados por placebo utilizando cápsulas de extrato de camomila (padronizado para 1,2% de apigenina) por via oral para pacientes com ansiedade leve a moderada (1) e um ensaio clínico aberto para transtorno da ansiedade generalizada moderado a grave (2) revelaram uma possível discreta atividade ansiolítica. A camomila também tem atividade antidepressiva (3).

Efeitos adversos

No geral, a camomila é segura; no entanto, foram descritas reações de hipersensibilidade, especialmente em pessoas alérgicas aos membros das plantas da família Asteraceae (p. ex., girassol e ambrosia) e pólen de todas as plantas com flores. Os sintomas típicos são a excesso de produção de lágrimas, espirro, alterações digestivas, dermatite e anafilaxia.

Interações medicamentosas

A camomila pode dimimuir a absorção de fármacos por via oral. A camomila também pode aumentar os efeitos dos anticoagulantes e sedativos (como barbitúricos e álcool) e diminuir a absorção de suplementos de ferro.

Referências sobre camomila

  • Amsterdam JD, Li Y, Soeller I, et al: A randomized, double-blind, placebo-controlled trial of oral Matricaria recutita (chamomile) extract therapy for generalized anxiety disorder. J Clin Psychopharmacol 29(4):378-382, 2009. doi: 10.1097/JCP.0b013e3181ac935c.

  • Keefe JR, Mao JJ, et al: Short-term open-label chamomile (Matricaria chamomilla L.) therapy of moderate to severe generalized anxiety disorder. Phytomedicine 23(14):1699-1705, 2016. doi: 10.1016/j.phymed.2016.10.013. 

  • Amsterdam JD, Shults J, Soeller I, et al: Chamomile (Matricaria recutita) may provide antidepressant activity in anxious, depressed humans: an exploratory study. Altern Ther Health Med 18 (5):44-49, 2012.

Informações adicionais

  • NIH National Center for Complementary and Integrative Health: Chamomile

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS