Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Cistos hepáticos

Por

Steven K. Herrine

, MD, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última modificação do conteúdo mai 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Cistos hepáticos isolados costumam ser detectados incidentalmente por ultrassonografia ou TC abdominal (1). Em geral, são assintomáticos e não têm qualquer significado clínico. A rara e congênita doença hepática policística está associada à doença policística dos rins e de outros órgãos. Produz hepatomegalia nodular progressiva (por vezes, maciça) em adultos. No entanto, a função hepatocelular é notavelmente bem preservada e a hipertensão portal se desenvolve raramente.

Outros cistos hepáticos incluem os seguintes:

  • Doença de Caroli: essa doença rara, autossômica e recessiva é caracterizada por dilatação segmentar cística dos canais biliares intra-hepáticos; ela frequentemente torna-se sintomática na idade adulta, com formação de cálculos, desenvolvimento de colangite e, às vezes, colangiocarcinoma.

  • Cistadenoma: essa doença rara às vezes causa dor ou anorexia e é evidente na ultrassonografia; o tratamento consiste na ressecção do cisto.

  • Cistadenocarcinoma: essa doença rara é provavelmente secundária à transformação maligna de um cistadenoma e muitas vezes é multilobular; o tratamento consiste na ressecção hepática.

  • Outros tumores císticos verdadeiros: esses tumores são raros.

Referência

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS