Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Crupe

(Laringotraqueobronquite)

Por

Rajeev Bhatia

, MD, Phoenix Children's Hospital

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

O crupe é uma inflamação da traqueia e da laringe normalmente causada por uma infecção viral contagiosa que causa tosse, um som estridente e alto (estridor) e, às vezes, dificuldade para inspirar (inspiração).

  • O crupe é causado por vírus.

  • Os sintomas incluem febre, corrimento nasal e uma tosse típica semelhante a um latido.

  • O diagnóstico é estabelecido em função dos sintomas.

  • A maioria das crianças se recupera em casa, mas aquelas que precisam de hospitalização recebem líquidos, oxigênio e medicamentos.

O crupe afeta principalmente crianças entre seis meses a três anos de idade.

A maioria das crianças apresenta um único episódio de crupe, mas algumas têm episódios repetidos (chamado de crupe espasmódico), iniciado por infecções virais, cuja frequência e gravidade diminuem aos poucos. Alergia ou reatividade das vias respiratórias (como ocorre na asma) podem ter uma participação no crupe espasmódico.

Causas

O crupe é causado por uma infecção viral que leva ao inchaço do revestimento das vias respiratórias, especialmente da área logo abaixo da laringe.

A causa mais comum de crupe é

  • Vírus parainfluenza

O crupe também pode ser causado por outros vírus, como o vírus sincicial respiratório (VSR) ou um vírus da influenza. O crupe causado por um vírus influenza pode ser especialmente grave e pode ocorrer em uma faixa etária mais ampla de crianças.

Embora o crupe ocorra durante o ano todo, surtos sazonais são comuns. O crupe causado por vírus parainfluenza tende a ocorrer nos meses do outono e o crupe causado pelos vírus VSR e da gripe tende a ocorrer nos meses do inverno e primavera. A infecção em geral é disseminada pela inspiração de gotículas suspensas contendo o vírus ou tendo-se contado com objetos contaminados por essas gotículas.

Sintomas

Em geral, o crupe começa com os sintomas de um resfriado comum: coriza, espirros, febre baixa e um pouco de tosse. Depois, a criança desenvolve rouquidão e uma tosse frequente com som incomum, descrita como semelhante a um latido. O crupe varia amplamente em termos de gravidade. Às vezes, o inchaço das vias respiratórias causa dificuldade para respirar, mais perceptível ao se inspirar. No caso de crupe grave, um ruído estridente (estridor) pode ser ouvido na inspiração. Cerca de 50% das crianças apresentam febre. Todos os sintomas normalmente pioram muito à noite e podem acordar as crianças. Os sintomas com frequência parecem diminuir de manhã e pioram de novo na noite seguinte.

Na pior fase, os sintomas duram em geral de três a quatro dias, e a tosse continua, mas se transforma numa tosse mais relaxada. Essa alteração pode causar preocupação nos pais, que acham que a infecção passou para o tórax. Contudo, essa é a progressão normal da doença.

Diagnóstico

  • Som da tosse

  • Radiografias do pescoço

O médico reconhece o crupe pelos seus sintomas característicos, especialmente pelo som da tosse.

Radiografias do pescoço e do tórax ajudam o médico a fazer um diagnóstico definitivo do crupe.

Prognóstico

A maioria das crianças com crupe se recupera totalmente.

Tratamento

  • Para doença leve, ingestão de líquidos e ar umidificado

  • Para doença grave, hospitalização, oxigênio, epinefrina e corticosteroides

Caso uma criança desenvolva uma tosse com padrão semelhante ao do crupe, os pais devem entrar em contato com o médico, uma vez que crianças com crupe podem ficar muito doentes rapidamente.

As crianças levemente adoentadas podem ser tratadas em casa e normalmente se recuperam no prazo de três a quatro dias. A criança deve ficar confortável, receber bastantes líquidos e descansar, uma vez que fadiga e choro podem piorar o quadro clínico. Os umidificadores de uso doméstico (por exemplo, vaporizadores de neblina úmida ou umidificadores) podem reduzir a secura das vias respiratórias superiores e facilitar a respiração. A umidade pode ser rapidamente aumentada abrindo-se um chuveiro com água quente até encher o banheiro de vapor. Carregar a criança para fora para respirar o ar frio da noite ou para a cozinha para respirar o ar frio do congelador também pode abrir as vias aéreas significativamente.

Você sabia que...

  • Respirar ar umidificado em um banheiro cheio de vapor ou ar frio do congelador pode ajudar a diminuir os sintomas de crupe.

No caso de crianças mais doentes, o médico pode recomendar uma única dose de corticosteroides para prevenir uma piora dos sintomas. As crianças cujos sintomas estão piorando devem ser atendidas imediatamente por um médico, que provavelmente recomendará corticosteroides e pode hospitalizar a criança para observação e tratamento.

As crianças com dificuldades crescentes ou contínuas para respirar, frequência cardíaca acelerada, fadiga, desidratação ou tom azulado na pele devem receber oxigênio, bem como líquidos por via intravenosa. Os médicos em geral tratam a criança com epinefrina administrada em um nebulizador e corticosteroides administrados por via oral ou injetável. Esses medicamentos ajudam a diminuir o inchaço do tecido das vias respiratórias. As crianças que melhoram com esses tratamentos podem ser enviadas para casa, mas as crianças com casos de doença mais grave devem permanecer no hospital.

O consumo de antibióticos é limitado aos raros casos em que a criança com crupe também desenvolve uma infecção bacteriana. Raramente, um ventilador (uma máquina de respiração que ajuda o ar a entrar e a sair dos pulmões) é necessário.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS