Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Biópsia de fígado

Por

Christina C. Lindenmeyer

, MD, Cleveland Clinic

Última revisão/alteração completa set 2021| Última modificação do conteúdo set 2021
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Os médicos podem obter uma amostra do tecido do fígado durante uma cirurgia exploratória, mas é mais frequente que obtenham uma amostra introduzindo uma agulha oca no fígado da pessoa através da pele. Esse tipo de biópsia é chamado biópsia de fígado percutânea. Outro tipo de biópsia é chamado biópsia de fígado transvenosa.

A biópsia de fígado pode detectar as informações sobre o fígado que podem não ser evidentes em outros testes. Os médicos costumam usar a biópsia de fígado para detectar excesso de gordura no fígado (fígado gorduroso Fígado gorduroso O fígado gorduroso é o acúmulo anormal de determinadas gorduras (triglicerídeos) dentro dos hepatócitos. As pessoas com fígado gorduroso podem se sentir cansadas ou ter um leve desconforto abdominal... leia mais ), inflamação crônica do fígado (hepatite crônica Considerações gerais sobre a hepatite crônica A hepatite crônica define-se como uma inflamação do fígado que se prolonga durante, pelo menos, seis meses. As causas comuns incluem os vírus da hepatite B e C e determinados medicamentos. A... leia mais ), doenças hepáticas metabólicas como a doença de Wilson Doença de Wilson Na doença de Wilson, uma rara doença hereditária, o fígado não excreta o excesso de cobre na bile, como faz normalmente, resultando em um acúmulo de cobre no fígado, causando-lhe danos. O cobre... leia mais Doença de Wilson (excesso de cobre) e hemocromatose Considerações gerais sobre a sobrecarga de ferro O ferro é essencial para a vida e, por isso, o organismo geralmente controla de maneira estrita a absorção do ferro dos alimentos e recicla o ferro dos glóbulos vermelhos. As pessoas perdem... leia mais (sobrecarga de ferro), complicações após o transplante de fígado Transplante de fígado O transplante de fígado é a remoção cirúrgica de um fígado saudável ou, às vezes, de parte de um fígado saudável de uma pessoa viva que, em seguida, é transferido para uma pessoa cujo fígado... leia mais e câncer metastático do fígado Câncer metastático do fígado O câncer de fígado decorrente de uma metástase consiste em um tumor, com origem em outra parte do organismo, que se propagou ao fígado. A perda de peso e falta de apetite podem ser os primeiros... leia mais Câncer metastático do fígado (câncer que se espalhou para o fígado).

Visão do fígado e da vesícula biliar

Visão do fígado, dutos biliares e vesícula biliar

Biópsia de fígado percutânea

A biópsia de fígado percutânea pode ser realizada como um procedimento ambulatorial. Os médicos costumam usar o ultrassom para localizar o fígado e guiar a agulha para obter uma amostra de biópsia de uma área anormal. Quando os médicos identificam o local desejado para a biópsia, eles anestesiam a pele da pessoa e inserem a agulha no fígado. A agulha oca sai com um pequeno fragmento de tecido do fígado dentro dela.

Depois de obter a amostra, a pessoa permanece em observação no ambulatório durante 3 ou 4 horas, devido a um pequeno risco de complicações, como um sangramento do fígado. Como a hemorragia pode ter início até 15 dias após realizada a biópsia, o paciente é avisado a não permanecer a mais de uma hora de carro do hospital, durante esse período. Complicações relacionadas à biópsia do fígado, embora não sejam frequentes, podem dar origem a problemas sérios; um em cada 10.000 pacientes morre devido a esse procedimento. Após uma biópsia de fígado, é frequente haver uma leve dor na parte superior direita do abdômen, que se estende, por vezes, até o ombro direito e é aliviada com analgésicos.

Biópsia de fígado transvenosa

Em outro procedimento, chamado biópsia de fígado transvenosa, introduz-se um cateter em uma veia do pescoço, passando-o pelo coração até o interior de uma das veias hepáticas que drenam o fígado. Depois, a agulha na ponta do cateter atravessa a parede da veia e é introduzida no fígado. Esse procedimento tem menor probabilidade de lesionar o fígado do que a biópsia de fígado percutânea. Ele é especialmente útil em pessoas cujo sangue não coagula adequadamente ou em pacientes com hipertensão portal, ambas complicações de doença hepática Insuficiência hepática A insuficiência hepática define-se como uma grave deterioração da função do fígado. A insuficiência hepática é causada por um distúrbio ou substância que lesiona o fígado. A maioria das pessoas... leia mais grave.

Mais informações

Seguem alguns recursos em inglês que podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desses recursos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS