Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Inchaço escrotal

Por

Anuja P. Shah

, MD, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O inchaço do escroto (saco que circunda e protege os testículos) de um ou dos dois lados pode ser um sintoma de um distúrbio do trato urinário. O inchaço pode ser pequeno e detectável apenas quando o escroto é analisado delicadamente ou pode ser muito grande e facilmente visível. Alguns distúrbios que causam inchaço do escroto também causam dor escrotal.

Causas

Inchaço sem dor do escroto pode ser causado por quadros clínicos geralmente inofensivos ou pode ser um sinal de câncer. Existem várias causas.

Causas comuns

As causas mais comuns são

  • Um acúmulo de líquido no escroto (hidrocele)

  • Uma hérnia na virilha (hérnia inguinal)

  • Alargamento das veias que carregam o sangue a partir de um testículo (varicocele)

Hidrocele é um distúrbio no qual líquido se acumula entre as camadas do tecido que circundam os testículos. Hidrocele e hérnia inguinal são as causas mais comuns entre os meninos. Até 20% dos homens têm uma varicocele, que pode causar infertilidade.

Causas menos comuns

Causas menos comuns incluem

  • Um cisto no epidídimo (espermatocele)

  • Um acúmulo de sangue no escroto (hematocele)

  • Acúmulo de líquido em excesso no corpo (edema)

  • Câncer em um testículo

Câncer em um testículo é a causa mais preocupante de inchaço escrotal indolor. Mais frequentemente o inchaço não se transforma em câncer. Mas o câncer de testículo é o câncer sólido mais comum nos homens até 40 anos e também pode ocorrer em mais jovens e idosos, portanto, qualquer inchaço testicular ou tumor deve ser examinado por um médico.

Avaliação

As informações a seguir podem ajudar os homens a saberem quando precisam consultar um médico e o que esperar durante a avaliação.

Sinais de alerta

Nos homens com um tumor no escroto, os sinais mais preocupantes são

  • Um tumor sólido que está fixado ou faz parte do testículo

  • Uma protuberância em formato de balão que se estende do abdômen até o escroto e que não pode ser colocada para dentro

Quando consultar um médico

Homens que têm um inchaço no formato de balão que se estende do abdômen até o escroto e não pode ser colocado para dentro podem ter uma hérnia inguinal que ficou presa (encarcerada). Devem consultar um médico imediatamente. Se um inchaço indolor repentinamente se tornar doloroso, os homens devem também consultar um médico imediatamente, porque a causa pode ser uma hérnia inguinal que ficou presa e o suprimento de sangue fecha (hérnia estrangulada). Outros homens devem consultar o médico assim que puderem. Um retardo por volta de uma semana não é danoso.

O que o médico faz

Os médicos primeiro fazem perguntas sobre os sintomas do homem e depois fazem um exame físico. O que eles identificam no histórico e exame físico frequentemente sugere uma causa para o inchaço e os exames que podem ser necessários (consulte a tabela Algumas causas e características da dor escrotal).

Os médicos perguntam há quanto tempo o inchaço está presente e se há alguma alteração no inchaço quando o homem fica em pé ou se deita ou quando a pressão abdominal aumenta (como quando ele tosse ou faz esforço para levantar alguma coisa). Os médicos também perguntam sobre o histórico médico do homem porque distúrbios em outras partes do corpo (por exemplo, edema relacionado a insuficiência cardíaca ou insuficiência hepática) podem contribuir para o inchaço escrotal.

O exame físico é feito com o homem em pé e deitado. O médico cuidadosamente apalpa os testículos, epidídimo e o cordão espermático para detectar o local exato do inchaço ou tumor e se o inchaço é sensível. Algumas vezes o médico acende uma luz forte por trás do escroto para ver se a luz passa por ele (transiluminação). A luz pode, com frequência, passar através de um acúmulo de líquido (como hidrocele), mas não através de um tumor sólido (como um câncer).

Tabela
icon

Some Causes and Features of Scrotal Swelling

Causa

Características comuns*

Exames

Edema (acúmulo de líquido em excesso no corpo)

Inchaço que

  • É esponjoso

  • Ocorre em ambos os lados do escroto

  • Permanece recuado após uma pressão ser aplicada e removida (chamado de edema depressível); também afeta as extremidades inferiores

Frequentemente nos homens com inchaço nas pernas e às vezes no abdômen

Em homens com distúrbios que podem causar inchaço, como insuficiência cardíaca ou um distúrbio grave no fígado ou rim

Exame médico

Algumas vezes, ultrassonografia

Hematocele (um acúmulo de sangue no escroto)

Inchaço que

  • É dolorido e sensível

  • Desenvolve-se após uma lesão

Exame médico

Algumas vezes, ultrassonografia

Hidrocele (um acúmulo de líquido no escroto)

Inchaço que

  • É macio

  • Não desaparece ao deitar

  • Não pode ser empurrado para dentro do abdômen

Exame médico

Algumas vezes, ultrassonografia

Hérnia inguinal (uma hérnia na virilha)

Tipicamente, em homens que têm uma protuberância indolor na virilha há muito tempo, frequentemente naqueles que sabem que têm uma hérnia.

Uma protuberância que

  • Parece macia e em formato de balão

  • Frequentemente também pode ser sentido acima do escroto

  • Tipicamente aumenta quando os homens estão na posição ereta ou quando a pressão dentro do abdômen aumenta (por exemplo, como empurrando para baixo durante uma evacuação ou ao fazer levantamento de peso)

  • Algumas vezes desaparece quando se deita

  • Algumas vezes pode ser colocada para dentro do abdômen

Algumas vezes, dor que começa gradual ou repentinamente, tipicamente quando a protuberância não pode ser empurrada para dentro do abdômen

Somente exame médico

Linfedema (acúmulo de linfa) — por exemplo, devido a uma infecção por um verme tropical chamada filariose ou presente desde o nascimento

Inchaço elástico em todo o escroto

Não há recuo quando a área é pressionada

Exame médico

Algumas vezes, ultrassonografia

Espermatocele (um cisto no epidídimo)

Um tumor perto do topo dos testículos

Exame médico

Algumas vezes, ultrassonografia

Um tumor duro fixado ou dentro dos testículos

Possivelmente dor prolongada e indistinta ou, se o câncer sangrar, dor aguda e repentina

Ultrassonografia

Exames de sangue

Algumas vezes TC do abdômen, pélvis e tórax

Varicocele (alargamento das veias que carregam o sangue a partir de um testículo)

Inchaço que

  • Parece um saco de vermes

  • Normalmente ocorre do lado esquerdo

Possivelmente dor e uma sensação de volume quando em pé

Possivelmente um testículo encolhido (atrofia testicular)

Somente exame médico

*As características incluem os sintomas e os resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.

TC = tomografia computadorizada.

Exames

Algumas vezes o médico pode determinar a causa do inchaço com base nos sintomas e nos resultados do exame físico. Se os sintomas e o exame físico não revelarem a causa, exames são, normalmente, necessários. Frequentemente, o primeiro exame é a ultrassonografia. A ultrassonografia é feita quando

  • Os médicos não estão seguros do diagnóstico

  • Os médicos detectam hidrocele durante o exame (a ultrassonografia pode mostrar a origem do líquido)

  • A transiluminação não mostra líquido na área do inchaço

Dependendo dos resultados da ultrassonografia, exames adicionais podem ser feitos para detectar câncer em um testículo. O exame para câncer testicular inclui exames de sangue e, algumas vezes, tomografia computadorizada (TC) de abdômen, pélvis e tórax.

Tratamento

A melhor maneira de tratar o inchaço escrotal é tratar a causa do inchaço. O tratamento nem sempre é necessário. Algumas vezes os médicos tentam reduzir uma hérnia inguinal empurrando-a suavemente contra o intestino protuberante e forçando para que volte ao lugar.

Pontos-chave

  • Homens e meninos com inchaço do escroto, mesmo sem dor, devem consultar um médico.

  • O câncer de testículo é uma preocupação em todos os meninos e homens, especialmente aqueles abaixo dos 40 anos de idade.

  • O diagnóstico é normalmente evidente a partir dos sintomas, das descobertas do exame físico e da ultrassonografia.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS