Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Síndrome da angústia respiratória aguda (SARA)

Por

Bhakti K. Patel

, MD, University of Chicago

Avaliado clinicamente abr 2022
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Fatos rápidos

A síndrome da angústia respiratória aguda é um tipo de insuficiência respiratória (pulmonar) Insuficiência respiratória A insuficiência respiratória é um distúrbio no qual o nível de oxigênio no sangue fica perigosamente baixo ou o nível de dióxido de carbono no sangue fica perigosamente alto. Doenças que obstruem... leia mais resultante de diversas doenças que causam acúmulo de líquidos nos pulmões e redução do oxigênio no sangue a níveis excessivamente baixos.

A síndrome da angústia respiratória aguda (SARA) é uma emergência médica. Ela pode acontecer em pessoas que já tiveram doença pulmonar ou em pessoas com pulmões anteriormente saudáveis. Esta doença era denominada síndrome da angústia respiratória do adulto, mas também pode manifestar-se em crianças.

A SARA é dividida em três categorias: leve, moderada e grave. A categoria é determinada comparando-se o nível de oxigênio no sangue com a quantidade de oxigênio que precisa ser administrada nesse nível.

Causas de SARA

Quando os pequenos sacos de ar (alvéolos) e os pequenos vasos de sangue (capilares) do pulmão são afetados, o sangue e os líquidos infiltram-se nos espaços entre os alvéolos e, por fim, passam para o interior destes. O colapso de muitos alvéolos (um quadro clínico denominado atelectasia Atelectasia A atelectasia é um quadro clínico no qual a totalidade ou parte de um pulmão fica sem ar e entra em colapso. A obstrução dos brônquios é uma causa comum de atelectasia. Pode ocorrer falta de... leia mais ) também pode ocorrer devido a uma redução de surfactante, um líquido que cobre a superfície interna dos alvéolos e ajuda a mantê-los abertos.

O líquido nos alvéolos e o colapso de muitos alvéolos interferem no movimento do oxigênio do ar inspirado para o sangue. Portanto, o nível de oxigênio no sangue pode cair bruscamente. A saída do dióxido de carbono do sangue para o ar que é expirado fica menos afetada, e o nível de dióxido de carbono no sangue muda muito pouco. Como a insuficiência respiratória na SARA resulta principalmente de níveis baixos de oxigênio, ela é considerada uma insuficiência respiratória hipoxêmica Causas A insuficiência respiratória é um distúrbio no qual o nível de oxigênio no sangue fica perigosamente baixo ou o nível de dióxido de carbono no sangue fica perigosamente alto. Doenças que obstruem... leia mais .

A diminuição do nível de oxigênio no sangue causada pela SARA e o vazamento para a corrente sanguínea de certas proteínas (citocinas) produzidas pelas células pulmonares lesionadas e por células brancas do sangue Glóbulos brancos Os principais componentes do sangue incluem: Plasma Glóbulos vermelhos Glóbulos brancos Plaquetas leia mais Glóbulos brancos podem causar inflamação e complicações em outros órgãos. A falência de vários órgãos (um quadro clínico denominado falência de múltiplos órgãos) também pode ocorrer. A falência de órgãos pode começar logo depois de instalada a SARA ou dias ou semanas depois. Além disso, os indivíduos afetados pela SARA são menos resistentes a infecções pulmonares e costumam desenvolver pneumonias Pneumonia adquirida em hospital A pneumonia adquirida no hospital é uma infecção pulmonar que se desenvolve em pessoas que foram hospitalizadas, geralmente após cerca de dois dias ou mais de internação. Muitas bactérias, vírus... leia mais bacterianas.

Sintomas de SARA

A SARA normalmente se desenvolve de 24 a 48 horas após lesão ou doença original, mas pode demorar 4 a 5 dias para ocorrer. A pessoa começa sentindo falta de ar, geralmente com uma respiração rápida e superficial.

Utilizando um estetoscópio, o médico pode ouvir sons crepitantes ou chiados nos pulmões. A pele pode ficar manchada ou azulada (cianose Cianose A cianose é a coloração azulada da pele decorrente de oxigenação insuficiente do sangue. A cianose surge quando circula pela pele sangue sem oxigênio (desoxigenado), que é mais azulado e menos... leia mais ), em pessoas de pele clara, e pode apresentar coloração cinza ou esbranquiçada na boca, ao redor dos olhos e sob as unhas, em pessoas de pele escura, devido aos baixos níveis de oxigênio no sangue. Outros órgãos, como o coração e o cérebro, podem funcionar mal, resultando em uma frequência cardíaca elevada, ritmos cardíacos anormais Considerações gerais sobre arritmias cardíacas Arritmias cardíacas são sequências de batimentos cardíacos irregulares, muito rápidos ou muito lentos, ou que percorrem o coração por vias anormais de condução elétrica. As arritmias cardíacas... leia mais Considerações gerais sobre arritmias cardíacas (arritmias), confusão e sonolência.

Diagnóstico de SARA

  • Medição dos níveis de oxigênio no sangue

  • Radiografia do tórax

O nível de oxigênio no sangue pode ser monitorado, sem coletar uma amostra de sangue, por meio de um sensor colocado em um dedo ou no lobo de uma orelha. Este procedimento é chamado oximetria de pulso Oximetria de pulso Tanto a gasometria do sangue arterial quanto a oximetria de pulso medem a quantidade de oxigênio no sangue, o que ajuda a determinar como os pulmões estão funcionando. Testes de gasometria arterial... leia mais . O nível de oxigênio (juntamente com o dióxido de carbono) no sangue também pode ser medido através da análise de uma amostra de sangue colhida de uma artéria.

Prognóstico de SARA

Sem o pronto tratamento, muitas pessoas com a SARA não sobrevivem. No entanto, a depender da doença subjacente, com um tratamento adequado, cerca de 60% a 75% das pessoas com SARA sobrevivem.

Em geral, os indivíduos que respondem com rapidez ao tratamento restabelecem-se por completo, quase sem alterações pulmonares de longo prazo. Os indivíduos cujo tratamento envolve longos períodos no ventilador (uma máquina que ajuda o ar a entrar e sair dos pulmões) têm mais probabilidades de formar tecido cicatricial (fibrose) nos pulmões. Essa fibrose pode diminuir em poucos meses após a pessoa ser retirada da ventilação. A fibrose pulmonar, se extensa, pode afetar a função pulmonar permanentemente de forma evidente durante certas atividades diárias. A fibrose menos extensa pode prejudicar a função pulmonar somente em momentos de estresse pulmonar, como durante exercícios ou em doenças.

Tratamento de SARA

  • Tratamento da causa

  • Oxigenoterapia

  • Frequentemente, ventilação mecânica

O sucesso do tratamento depende normalmente do tratamento da doença subjacente (como a pneumonia, por exemplo). Também é fornecida oxigenoterapia Oxigenoterapia Oxigenoterapia é um tratamento que fornece oxigênio extra aos pulmões quando o nível de oxigênio no sangue está muito baixo. Oxigênio é um gás que compõe cerca de 21% do ar que respiramos. Os... leia mais Oxigenoterapia , o que é vital para corrigir os níveis baixos de oxigênio.

Se o oxigênio administrado por uma máscara facial ou outro dispositivo (como capacete ou cateter nasal) não conseguir corrigir os níveis baixos de oxigênio no sangue, ou se forem necessárias doses muito altas de oxigênio inalado, deve se usar ventilação mecânica Ventilação mecânica A ventilação mecânica é o uso de uma máquina para auxiliar a entrada e a saída de ar nos pulmões. Alguns indivíduos com insuficiência respiratória necessitam de um ventilador mecânico (uma máquina... leia mais . O ventilador normalmente fornece ar pressurizado rico em oxigênio utilizando um tubo inserido na traqueia através da boca.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS