Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Micoplasmas

Por

Margaret R. Hammerschlag

, MD, State University of New York Downstate Medical Center

Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

Micoplasmas são procariontes onipresentes que diferem de outros procariontes porque são desprovidos de parede celular.

Mycoplasma pneumoniae é uma causa comum de pneumonia, em particular pneumonia adquirida na comunidade.

Evidências crescentes sugerem que M. genitalium e Ureaplasma urealyticum causam alguns casos de uretrite não gonocócica. Juntamente com M. hominis, com frequência estão presentes em pacientes com outras infecções urogenitais (p. ex., vaginite, cervicite, pielonefrite, doença inflamatória pélvica) e algumas não urogenitais, mas não está comprovado se provocam essas infecções.

Micoplasmas não são visíveis à microscopia eletrônica. A cultura é tecnicamente difícil e na maioria das vezes indisponível, mas às vezes é possível obter um diagnóstico laboratorial por testes de amplificação do ácido nucleico (NAATs) ou por detecção de anticorpos ou antígenos; frequentemente, o diagnóstico deve ser por exclusão. Um teste NAAT para M. pneumoniae é parte de um kit comercialmente disponível que testa múltiplos patógenos respiratórios. Os NAAT aprovados pela FDA para a detecção de M. genitalium estão disponíveis comercialmente.

Macrolídeos são, em geral, os antimicrobianos de escolha. A maioria das espécies também é sensível a fluoroquinolonas e tetraciclinas. Foram descritas infecções resistentes aos macrolídios por M. pneumoniae e M. genitalium. Foi descrita resistência aos macrolídios na infecção por M. pneumoniae em > 80% de amostras na China e no Japão, e sua prevalência pode chegar a 10% nos EUA. Portanto, deve-se considerar o uso de fluoroquinolonas ou tetraciclinas para pacientes com doença refratária, especialmente nas regiões com resistência importante aos macrolídios.

Atualmente estão sendo desenvolvidos NAAT para detectar a resistência aos macrolídios na M. pneumoniae e M. genitalium.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Infecção pelo vírus da zica
Vídeo
Infecção pelo vírus da zica
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sars-CoV
Modelo 3D
Sars-CoV

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS