Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Microcefalia

Por

Stephen J. Falchek

, MD, Nemours/Alfred I. duPont Hospital for Children

Última revisão/alteração completa abr 2019| Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Microcefalia significa uma cabeça excepcionalmente pequena. Frequentemente, a cabeça é pequena, porque o cérebro é pequeno e não se desenvolveu normalmente.

  • A microcefalia pode ser causada por muitos distúrbios, incluindo anomalias genéticas, infecções e defeitos cerebrais.

  • Geralmente, recém-nascidos com microcefalia grave têm sintomas de danos cerebrais.

  • O diagnóstico é feito antes do nascimento por meio de exames de ultrassom ou após o nascimento ao medir a circunferência da cabeça.

  • Geralmente, os médicos realizam exames de imagem para procurar por anomalias cerebrais e, às vezes, exames de sangue para procurar uma causa.

  • Uma vez que o grau de microcefalia pode variar de leve a grave, as opções de tratamento podem variar também.

  • A intervenção precoce pode ser especialmente útil.

O tamanho da cabeça normalmente é determinado pelo tamanho do cérebro. Assim, uma redução do crescimento do cérebro ou de parte do cérebro é a causa da microcefalia. A microcefalia pode ocorrer sozinha ou acompanhada por outros defeitos congênitos graves e pode estar presente no nascimento ou surgir quando o bebe é mais velho.

A microcefalia é incomum. A estimativa é que ela ocorre em dois a doze dentre dez mil nascidos vivos nos Estados Unidos. Contudo, o tamanho normal da cabeça para uma determinada idade varia em diversas partes do mundo; por isso, é difícil calcular a real incidência da microcefalia ao redor do mundo.

Causas

A microcefalia pode ser causada por diversos distúrbios, incluindo

Sintomas

Os sintomas dependem do grau do dano ou subdesenvolvimento apresentado pelo cérebro. Alguns dos problemas que o bebê com microcefalia grave pode ter incluem convulsões, atrasos no desenvolvimento, problemas de alimentação, problemas de audição ou visão, problemas de movimento ou equilíbrio, hiperatividade e incapacidade intelectual.

Diagnóstico

  • Antes do nascimento, ultrassom

  • Após o nascimento, exame físico e, às vezes, exames de imagem e de sangue

Antes do nascimento, o diagnóstico da microcefalia é feito, às vezes, por um exame de ultrassom pré-natal de rotina realizado no final do segundo trimestre ou início do terceiro trimestre.

Após o nascimento, o médico mede a circunferência da cabeça do bebê (a medida da cabeça ao redor do maior diâmetro) durante exames físicos de rotina. O médico diagnostica a microcefalia quando a circunferência da cabeça for significativamente menor que o intervalo normal para os bebês do mesmo sexo, idade e etnia na região em que o bebê vive. Ocasionalmente, o diagnóstico é feito quando a circunferência da cabeça do bebê começa no intervalo normal, mas não aumenta adequadamente conforme o bebê cresce. Ao fazer o diagnóstico, o médico também leva em consideração a circunferência da cabeça dos pais do bebê, porque ter uma cabeça relativamente pequena pode ser uma característica de família (um quadro clínico denominado microcefalia familiar benigna).

Se a microcefalia estiver presente, normalmente o médico realiza uma tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) do crânio para procurar por anomalias no cérebro. O médico também examina o recém-nascido e os pais para procurar as possíveis causas da microcefalia e depois faz exames para tentar detectar as eventuais causas suspeitas. Às vezes, o médico pode solicitar exames de sangue para ajudar a determinar a causa.

Tratamento

  • Tratamento de sintomas

  • Intervenção para problemas físicos e intelectuais

A microcefalia é um problema de saúde vitalício, incurável e que não conta com um tratamento padrão.

Os sintomas resultantes de danos cerebrais são tratados. Alguns distúrbios que causam a microcefalia podem ser tratados.

É muito importante realizar consultas de check-up e acompanhamento em intervalos regulares com uma equipe de assistência médica. Serviços de apoio ao desenvolvimento, também chamados de intervenção precoce, costumam ser úteis para o bebê com microcefalia com o objetivo de maximizar suas habilidades físicas e intelectuais.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS