Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Intoxicação por ferro

Por

Gerald F. O’Malley

, DO, Grand Strand Regional Medical Center;


Rika O’Malley

, MD, Albert Einstein Medical Center

Última revisão/alteração completa fev 2019| Última modificação do conteúdo fev 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
  • Os sintomas desenvolvem-se aos poucos, começando com vômitos, diarreia e dor abdominal.

  • Alguns dias mais tarde pode ocorrer insuficiência hepática.

  • O diagnóstico baseia-se na história clínica da pessoa, nos sintomas e na quantidade de ferro no sangue.

  • As pessoas com intoxicação por ferro precisam ser internadas.

É comum o consumo de comprimidos que contenham ferro para tratar certos tipos de anemia. O ferro também está incluído em muitos suplementos de vitaminas múltiplas. É possível sofrer intoxicação por ferro em caso de superdosagem desses comprimidos, sobretudo em crianças pequenas. A superdosagem por ferro é comum, visto que muitas casas têm vários suplementos vitamínicos contendo ferro para adultos. Contudo, as vitaminas contendo ferro mastigáveis para crianças não contém muito ferro, por isso, mesmo um frasco inteiro não fornecerá ferro suficiente para provocar intoxicação séria. Contudo, a superdosagem de suplementos de ferro puro pode causar intoxicação séria por ferro. As vitaminas pré-natais contêm muito ferro e podem intoxicar uma criança pequena.

A intoxicação por ferro é uma causa potencial de intoxicação fatal em crianças com menos de 5 anos. Primeiro, irrita o estômago e o trato digestivo, por vezes causando sangramento. Umas horas depois, o ferro intoxica as células e afeta suas reações químicas internas. No decorrer de alguns dias, o fígado pode ser danificado. Semanas depois da recuperação, o estômago, o aparelho digestivo e o fígado podem apresentar cicatrizes devido à irritação anterior.

Sintomas

Uma intoxicação séria por ferro costuma causar sintomas 6 horas após a superdosagem. Os sintomas de intoxicação por ferro manifestam-se geralmente em 5 fases:

  • Fase 1 (nas 6 horas que se seguem à superdosagem): os sintomas incluem vômitos, vômitos de sangue, diarreia, dor abdominal, irritabilidade e sonolência. Se a intoxicação for muito séria, pode-se manifestar com uma respiração rápida, frequência cardíaca rápida, coma, perda da consciência, convulsões e pressão arterial baixa.

  • Fase 2 (nas 6 a 48 horas que se seguem à superdosagem): o quadro da pessoa pode parecer melhorar.

  • Fase 3 (nas 12 a 48 horas que se seguem à superdosagem): pode ocorrer pressão arterial muito baixa (choque), febre, sangramento, icterícia, insuficiência do fígado, acidose metabólica e convulsões.

  • Fase 4 (nos 2 a 5 dias que se seguem à superdosagem): o fígado falha e as pessoas podem morrer devido a choque, sangramento e anormalidades relacionadas à coagulação do sangue. Os níveis de açúcar no sangue podem diminuir. Pode ocorrer confusão e lentidão (letargia).

  • Fase 5 (nas 2 a 5 semanas que se seguem à superdosagem): o estômago ou os intestinos podem ficar bloqueados por cicatrizes. As cicatrizes nesses órgãos podem causar cólicas com distensão abdominal e vômitos. Posteriormente pode ocorrer cicatrização grave do fígado (cirrose).

Diagnóstico

  • Níveis de ferro e outras análises de sangue

  • Em alguns casos, radiografias

O diagnóstico de intoxicação por ferro baseia-se no histórico da pessoa, nos sintomas, na presença de acidose metabólica (ácido na corrente sanguínea liberado pelas células envenenadas) e na quantidade de ferro no sangue. No caso da ingestão de muitos comprimidos, é possível vê-los nas radiografias de estômago ou intestinos.

Tratamento

  • irrigação intestinal total

  • Terapia por quelação (para casos graves)

As pessoas com sintomas significativos ou concentrações elevadas de ferro no sangue necessitam de internação hospitalar. Uma grande quantidade de ferro pode permanecer no estômago, mesmo depois dos vômitos. Pode-se administrar uma solução especial de polietileno glicol, por via oral ou através de uma sonda gástrica, para lavar o conteúdo do estômago e dos intestinos (irrigação de todo o intestino), mesmo que sua eficácia seja pouco clara. Deferoxamina, um medicamento que se liga ao ferro no sangue (denominada terapia quelante), permitindo sua passagem para a urina, é administrada na veia (por via intravenosa) se a intoxicação for grave.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Ligamento cruzado anterior
Vídeo
Ligamento cruzado anterior
O ligamento cruzado anterior, ou LCA, está localizado no centro do joelho, junto do ligamento...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema do tecido conjuntivo
Modelo 3D
Sistema do tecido conjuntivo

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS