Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Perfuração do trato digestivo

Por

Parswa Ansari

, MD, Hofstra Northwell-Lenox Hill Hospital, New York

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

A perfuração (formação de um orifício) pode ocorrer em qualquer órgão digestivo oco, o que causa a liberação do conteúdo gastrointestinal e pode dar origem a sepse (uma infecção potencialmente fatal da corrente sanguínea) e morte, caso uma cirurgia não seja realizada imediatamente.

  • Os sintomas incluem dor grave e súbita no tórax ou no abdômen e sensibilidade quando o abdômen é tocado.

  • É usada uma radiografia ou tomografia computadorizada para fazer o diagnóstico.

  • É necessário cirurgia imediata

A presença de perfuração permite que alimentos, sucos digestivos ou outro conteúdo intestinal vazem para dentro do abdômen (ou, às vezes, para dentro do tórax, se o esôfago estiver perfurado). Esses materiais são muito irritantes e contêm bactérias, que causam inflamação e infecção graves que normalmente são fatais se não forem tratadas.

Causas

As causas de perfuração do trato digestivo variam conforme a localização da perfuração, mas a lesão pode afetar qualquer parte do sistema digestivo. Corpos estranhos que foram engolidos geralmente são eliminados sem dificuldade pela pessoa, mas, em alguns casos, ficam presos e causam perfuração. Corpos estranhos inseridos pelo ânus podem perfurar o reto ou o cólon.

Tabela
icon

Algumas causas da perfuração

Área da perfuração

Causas

Comentários

Qualquer lugar pelo trato digestivo

Lesões

Vômito forçado

Esse distúrbio é denominado síndrome de Boerhaave.

Ferimento causado por procedimento médico

A lesão normalmente é causada por um esofagoscópio, dilatador balão ou vela (um instrumento fino, com formato de cilindro).

Deglutição de material corrosivo forte

Normalmente, ácido de bateria ou soda cáustica é ingerido.

Estômago ou o primeiro segmento do intestino delgado (duodeno)

Cerca de um terço das pessoas não tiveram sintomas prévios de úlcera.

Deglutição de material corrosivo forte

Tal material geralmente danifica o estômago, em vez do intestino delgado.

Um bloqueio que corta o fornecimento de sangue para o intestino (obstrução estranguladora)

Um bloqueio (obstrução)

O bloqueio geralmente resulta de câncer ou fezes compactadas.

Pessoas que estão tomando prednisona ou outros medicamentos que inibem o sistema imune (imunossupressores) têm alto risco de desenvolver diverticulite. Entretanto, essas pessoas podem apresentar poucos sintomas.

Expansão do intestino grosso (megacólon tóxico)

Às vezes, ocorre espontaneamente

Lesão que ocorre durante a remoção cirúrgica da vesícula biliar (colecistectomia) ou biópsia hepática

Em casos raros, inflamação da vesícula biliar (colecistite)

É possível que a lesão seja na vesícula biliar ou nos dutos biliares.

Sintomas

A perfuração do esôfago, estômago ou duodeno causa dor súbita e aguda, que pode se estender (irradiar) até o ombro. A pessoa parece estar muito doente, apresenta frequência cardíaca acelerada, sudorese e o abdômen sensível e rígido ao toque. Uma vez que a perfuração do intestino delgado ou grosso geralmente ocorre durante o curso de outro quadro clínico doloroso (por exemplo, diverticulite ou apendicite) e uma vez que o conteúdo que está vazando às vezes fica contido dentro de uma pequena área na cavidade abdominal sem se espalhar ainda mais, os sintomas podem ser menos drásticos e podem ser confundidos com a piora do problema original.

Em todos os tipos de perfuração, a pessoa geralmente tem náusea, vômito e perda de apetite.

Diagnóstico

  • Radiografia do tórax e do abdômen

  • Às vezes, tomografia computadorizada (TC)

O médico geralmente faz uma radiografia do tórax e do abdômen, que podem mostrar que houve vazamento de ar do sistema digestivo, um sinal definitivo de perfuração. Às vezes, o médico precisa realizar uma TC do abdômen para confirmar o diagnóstico.

Tratamento

  • Cirurgia

  • Líquidos e antibióticos por via intravenosa

Se o médico diagnosticar uma perfuração, cirurgia imediata é geralmente necessária. O médico decide qual operação específica deve ser realizada com base no local e na causa da perfuração. O objetivo imediato do médico é interromper o vazamento do conteúdo intestinal para a cavidade torácica ou abdominal. Antes da cirurgia, a pessoa recebe líquidos e antibióticos pela veia (por via intravenosa).

Às vezes, uma pequena sonda é inserida pelo nariz até o estômago para remover os sucos gástricos por sucção e evitar que estes vazem pela perfuração e para aliviar a pressão (descompressão) no intestino.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS