Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Visão geral do câncer de pele

Por

Gregory L. Wells

, MD, Idaho College of Osteopathic Medicine

Última modificação do conteúdo mar 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

O câncer de pele é o tipo mais comum de câncer; a maioria surge em áreas em que a pele é exposta ao sol. A incidência é maior em trabalhadores expostos ao sol, esportistas e pessoas que tomam banho de sol, sendo inversamente relacionada à quantidade de melanina da pigmentação da pele; os indivíduos de pele clara são os mais suscetíveis. O câncer de pele também pode surgir anos após radioterapia ou exposição a carcinógenos (p. ex., ingestão de arsênico).

Mais de 5,4 milhões de novos casos de câncer de pele são diagnosticados em mais de 3,3 milhões de pessoas nos Estados Unidos anualmente. (Ver The Skin Cancer Foundation.)

As duas formas mais comuns do câncer de pele são

As duas formas menos comuns do câncer de pele são

A doença de Bowen é um carcinoma de células escamosas superficial. Ceratoacantoma pode ser uma forma bem diferenciada do carcinoma de células escamosas.

No início, os cânceres de pele são geralmente assintomáticos. A apresentação mais comum é uma lesão irregular vermelha ou pigmentada que não desaparece. Qualquer lesão que esteja aumentando em relação às estruturas vizinhas deve ser submetida a biopsia — seja ela sensível, com leve inflamação ou em crostas com sangramentos ocasionais. Se tratados precocemente, a maioria dos cânceres é curável.

Dicas e conselhos

  • Fazer biópsia de qualquer lesão de pele, se a aparência for típica de câncer ou atípica que aumenta ou persiste por mais tempo do que o esperado.

Triagem

Algumas organizações profissionais respaldam o exame clínico e o autoexame para rastrear o câncer de pele; no entanto, a US Preventive Services Task Force não encontrou evidências suficientes para fazer isso. (Ver também the US Preventive Services Task Force summary of recommendations for screening for skin cancer and counseling for skin cancer.)

Prevenção

Como diversos cânceres da pele são relacionados com exposição aos raios UV, medidas são recomendáveis para limitar a exposição.

  • Evitar o sol: procurar a sombra, diminuir as atividades fora de casa das 10 h às 16 h (quando os raios solares são mais intensos) e evitar banhos de sol e câmaras de ultravioleta.

  • Usar roupas protetoras: camisas de manga longa, calças compridas e chapéus de aba larga.

  • Uso de fotoprotetores: pelo menos com FPS 30 com proteção UVA/UBV de amplo espectro, usado diretamente (reaplicados a cada 2 horas e depois de nadar ou suar); não deve ser usado para exposição solar prolongada.

As evidências atuais são inadequadas para determinar se essas medidas reduzem a incidência e a mortalidade do melanoma; no câncer de pele não melanoma (carcinomas basocelular e espinocelular), a fotoproteção diminui a incidência de novos canceres.

Informações adicionais

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Teste os seus conhecimentos

Carcinoma basocelular
Qual das opções a seguir diminui injustificadamente a preocupação dos médicos e pacientes quanto a uma lesão de basalioma?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS