Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Tomografia computadorizada (TC) do coração

Por

Michael J. Shea

, MD, Michigan Medicine at the University of Michigan;


Thomas Cascino

, MD, MSc, University of Michigan

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

A tomografia computadorizada (TC) pode ser utilizada para detectar anomalias estruturais do coração, da membrana que envolve o coração (pericárdio), dos vasos sanguíneos de grande porte, dos pulmões e das estruturas de suporte no tórax.

O TC multidetector, um aparelho de TC muito veloz, pode tirar uma foto durante um único batimento cardíaco. Essa varredura por TC rápida (chamada angiografia coronária por tomografia computadorizada) é utilizada às vezes para avaliar as artérias que fornecem sangue ao coração (artérias coronárias). Normalmente, um agente de contraste (uma substância que pode ser vista em radiografias) é injetado na veia da pessoa. Solicita-se que pessoa não respire durante a varredura para que a imagem não fique embaçada.

A TC por feixe de elétrons, anteriormente chamada TC ultrarrápida ou cine TC, é usada principalmente para detectar depósitos de cálcio nas artérias coronárias, um sinal precoce de doença arterial coronariana. Os médicos ainda estão tentando determinar a melhor forma de usar este exame na avaliação geral da presença de doença arterial coronariana.

A angiografia por tomografia computadorizada (ATC) é um tipo de TC utilizado para produzir imagens tridimensionais das artérias de grande porte do corpo, com exceção das artérias coronárias. As imagens são semelhantes em termos de qualidade às produzidas pela angiografia convencional. A ATC pode ser utilizada para detectar o estreitamento das artérias que irrigam órgãos, bem como aneurismas e rompimentos em artérias de grande porte. A ATC também pode detectar coágulos que se desprenderam no interior de uma veia, viajaram através da corrente sanguínea venosa e se depositaram em pequenas artérias dos pulmões (êmbolos pulmonares).

Ao contrário da angiografia convencional, a ATC não é um procedimento invasivo. O agente de contraste radiopaco é injetado em uma veia, não em uma artéria, como na angiografia. A ATC geralmente leva menos de um a dois minutos. Como o agente de contraste pode causar danos nos rins, este teste é evitado em pessoas que têm problemas renais.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS