Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Alcaçuz

Por

Laura Shane-McWhorter

, PharmD, University of Utah College of Pharmacy

Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

O alcaçuz natural, que tem um sabor muito doce, é extraído da raiz de um arbusto (Glycyrrhiza glabra) e utilizado medicinalmente na forma de cápsula, comprimido ou extrato líquido. A maior parte do alcaçuz feita nos EUA é aromatizada artificialmente e não contem o produto natural. O ingrediente ativo do alcaçuz natural é a glicirrizina. Para indivíduos particularmente sensíveis a glicirrizina, há disponibilidade de produtos de alcaçuz tratados especialmente que contêm muito menos glicirrizina (cerca de um décimo). Estes produtos são denominados licorices desglicirrizinados.

Alegações

Indivíduos geralmente utilizam alcaçuz para reduzir a tosse, aliviar a faringite e distúrbios estomacais. Há relatos sobre aplicação externa reduzir irritação da pele (p. ex., eczema). O alcaçuz também é considerado eficaz no tratamento de úlceras gástricas e complicações causadas por hepatite C.

Evidências

As evidências indicam que o alcaçuz em combinação a outras ervas proporciona o alívio dos sintomas da dispepsia funcional e da síndrome do intestino irritável (1) Mas os ensaios clínicos com alcaçuz isoladamente e em combinação são limitados, sendo necessário fazer avaliações adicionais. Não há dados suficientes para determinar se o alcaçuz é eficaz para úlceras gástricas ou complicações causadas por hepatite C.

Efeitos adversos

Em doses mais baixas ou níveis normais de consumo, algumas reações adversas são evidentes. No entanto, altas doses de alcaçuz (mais de 28 mL/dia) e glicirrizina causam retenção de água e sódio nos rins, possivelmente causando elevação da pressão arterial, e da excreção de potássio, possivelmente causando hipopotassemia. O aumento da excreção de potássio pode constituir um problema especialmente para indivíduos idosos que utilizam digoxina ou diuréticos que também podem aumentar a excreção de potássio. Estes indivíduos, bem como aqueles que apresentam hipertensão arterial, devem evitar ingerir alcaçuz.

O alcaçuz pode aumentar o risco de parto prematuro, assim gestantes devem evitar sua ingestão.

Interações medicamentosas

O alcaçuz pode interagir com a varfarina e diminuir sua eficácia, aumentando o risco de coagulação do sangue. Como mencionado acima, o alcaçuz pode interagir com a digoxina e alterar os níveis de potássio.

Referência sobre alcaçuz

  • Ottillinger B, Storr M, Malfertheiner P, et al: STW 5 (Iberogast®)—a safe and effective standard in the treatment of functional gastrointestinal disorders. Wien Med Wochenschr 163(3-4): 65-72, 2013. doi: 10.1007/s10354-012-0169-x.

Informações adicionais

  • NIH National Center for Complementary and Integrative Health: Licorice

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS