Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Reabilitação cardiovascular

Por

Alex Moroz

, MD, New York University School of Medicine

Última modificação do conteúdo jul 2017
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

A reabilitação pode beneficiar alguns pacientes com doença coronariana ou insuficiência cardíaca que recentemente apresentaram infarto do miocárdio ou cirurgia de revascularização miocárdica, em particular os que conseguiam realizar as AVD de modo independente e andar antes do evento. A reabilitação cardíaca visa ajudar os pacientes a manter ou recuperar a independência ( Visão geral das síndromes coronarianas agudas (SCA) : Reabilitação e tratamento após alta hospitalar).

Tipicamente, a reabilitação inicia-se com atividades leves e evolui com base individualizada; em geral, usa-se monitoramento com eletrocardiograma (ECG). Pacientes de lato risco devem realizar exercícios apenas em serviços de reabilitação cardiovascular bem equipado, sob supervisão de funcionário treinado.

Quando o paciente for capaz, é conduzido em uma cadeira de rodas para um ginásio de fisioterapia. O exercício pode envolver caminhada em esteira ou em uma bicicleta estacionária. Quando o paciente tolerar bem esses exercícios, prossegue para a subida de escadas. Se ocorrer falta de ar, tontura ou dor torácica durante o exercício, este deve ser imediatamente interrompido e o estado cardíaco deve ser reavaliado. Antes da alta hospitalar, os pacientes são avaliados de forma que se possa recomendar um programa de reabilitação ou um esquema de exercícios pós-alta.

Mede-se a atividade física em equivalentes metabólicos (METs), que são múltiplos da taxa de consumo de oxigênio basal em repouso; 1 MET (a taxa em repouso) é igual a 3,5 mL/kg/min de O2 ( Exercícios de resistência e suas necessidades metabólicas). O trabalho normal e atividades da vida diária (excluindo atividades recreacionais) raramente excedem 6 MET. O trabalho de casa leve a moderado tem cerca de 2 a 4 MET; o trabalho de casa pesado, ou trabalho no jardim, é de cerca de 5 a 6 MET.

Para pacientes hospitalizados, a atividade física deve ser controlada de forma que a frequência cardíaca permaneça em < 60% do máximo para a faixa etária (p. ex., cerca de 160 bpm para indivíduos de 60 anos); para um paciente que está se recuperando em casa, a frequência cardíaca deve permanecer < 70% da frequência máxima.

Para pacientes com IM não complicado, um teste de exercício de 2 MET pode ser realizado para avaliar a resposta, tão logo o paciente esteja estável. Um teste de exercício de 4 a 5 MET, realizado logo antes da alta, ajuda a orientar a atividade física em casa. Pacientes que toleram exercícios de 5 MET por 6 minutos podem realizar com segurança atividades de baixa intensidade (p. ex., trabalho doméstico leve) após a alta, se descansarem o suficiente entre cada atividade.

A restrição desnecessária da atividade é prejudicial à recuperação. O médico e outros membros da equipe de recuperação devem explicar que atividades podem ser realizadas e quais não podem e devem fornecer apoio psicológico. Ao receber alta, pacientes podem receber um programa detalhado de atividades diárias. A maioria dos pacientes idosos deve ser estimulada a retomar a atividade sexual, mas necessitam parar e descansar se necessário, para evitar esforço excessivo. Os casais jovens gastam de 5 a 6 MET durante a relação sexual e não há dados da quantidade gasta por casais idosos.

Tabela
icon

Exercícios de resistência e suas necessidades metabólicas

Necessidade metabólica

Atividade

Nível de intensidade

MET*

Kcal/h

Caminhar 3–5 km/h

Ciclismo em terreno leve a 10 km/h

Exercícios leves de alongamento

Nadar utilizando uma prancha de flutuação

Trabalho doméstico leve a moderado

Baixo

2–4

180–300

Andar a 6 km/h

Ciclismo a 13 km/h

Golf (andando ou empurrando um carrinho)

Exercícios de relaxamento leves

Nadar (esteira de água)

Trabalho doméstico pesado ou jardinagem

Moderada

5–6

300–360

Andar ou correr a 8 km/h

Ciclismo a 18–19 km/h

Nadar (0,8 km [1/2 milha] em 30 minutos)

Tênis recreacional

Escalar

Alto

7–8

420–480

*Gasto de oxigênio em repouso (> 3,5 mL/min/kg de peso corpóreo).

MET = equivalentes metabólicos.

Adaptado de Hanson PG et al.: Clinical guidelines for exercise training. Postgraduate Medicine 67(1):120–138, 1980. Copywright McGraw-Hill.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS