Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Disfunção das pregas vocais

(Movimento paradoxal da cordas vocais)

Por

Noah Lechtzin

, MD, MHS, Johns Hopkins University School of Medicine

Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

O movimento paradoxal ou disfuncional das cordas vocais é definido como a adução das cordas vocais verdadeiras na inspiração e a abdução na expiração; ele provoca obstrução das vias respiratórias na inspiração e estridor, que é frequentemente confundido com asma. A paralisia das cordas vocais (unilateral e bilateral) é discutida em outros locais. A avaliação geral dos pacientes com estridor é discutida em outros locais.

A disfunção das cordas vocais ocorre mais comumente entre mulheres com idades entre 20 e 40 anos. A etiologia é desconhecida, mas parece estar associada a ansiedade, depressão, transtorno de estresse pós-traumático e transtornos de personalidade. Não é considerado um transtorno factício (os pacientes não o provocam conscientemente).

Os sintomas geralmente são estridor inspiratório e, menos frequentemente, sibilos expiratórios. Outras manifestações podem incluir rouquidão, sensação de aperto na garganta, sensação de engasgo e tosse (1).

O diagnóstico é feito pela observação do fechamento inspiratório das cordas vocais via laringoscopia direta. Às vezes, um diagnóstico de disfunção de cordas vocais só é estabelecido depois que os pacientes foram diagnosticados como tendo asma e não responderam ao tratamento com broncodilatadores ou corticoides.

Referência geral

Tratamento

  • Educação e aconselhamento

O tratamento da disfunção das cordas vocais envolve orientar o paciente sobre a natureza do problema; o aconselhamento com um fonoaudiólogo a respeito de técnicas respiratórias especiais, como respiração ofegante, que pode aliviar os episódios de estridor e obstrução; e evitar diagnóstico e tratamento errôneos para asma.

Raramente, casos graves têm sido tratados com traqueostomia.

A disfunção das cordas vocais associada a diagnósticos psiquiátricos frequentemente é resistente a essas medidas. Nesses casos, indica-se encaminhamento para aconselhamento psiquiátrico.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS