Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Queloides

Por

Denise M. Aaron

, MD, Dartmouth-Hitchcock Medical Center

Última modificação do conteúdo mai 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

É o crescimento exagerado e de superfície lisa do tecido fibroso, que surge em uma área de ferimento (p. ex., cicatriz cirúrgica, acne do tronco) ou, ocasionalmente, espontâneo.

Queloides são mais frequentes em pacientes com pele mais escura. Tendem a surgir na região superior do tronco, especialmente nas regiões dorsal superior, parte média do tórax e deltoidea. Ao contrário das cicatrizes hipertróficas, o tecido com cicatriz queloide se estende para além da área do ferimento ou lesão. Eles podem aparecer espontaneamente.

Várias manifestações de queloides

Clinicamente são firmes, lisos, brilhantes, geralmente em forma de domo e ligeiramente róseos ou hiperpigmentados.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

O diagnóstico de queloides é clínico.

Tratamento

  • Possivelmente injeção de corticoides, excisão, camada de gel e/ou imunomoduladores

O tratamento de queloides é frequentemente ineficaz.

Às vezes, injeções mensais de corticoides (p. ex., triancinolona acetonida, 5 a 40 mg/mL), na base da lesão, causam seu aplanamento.

A excisão cirúrgica ou a laser pode diminuir as lesões, mas estas com frequência recidivam. A excisão cirúrgica terá melhor resultado, se precedida e seguida por uma série de injeções intralesionais de corticoides. Outros produtos auxiliares para impedir a recidiva são as placas de gel (aplicadas como um curativo suave e semioclusivo, à base de um polímero trançado de polimetilsiloxano ou silicone) ou tecidos de pressão são usados para prevenir a recidiva.

Mais recentemente, imunomoduladores (p. ex., imiquimode) foram utilizados para prevenir o desenvolvimento ou recorrência de queloides.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS