Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Percevejos

Por

James G. H. Dinulos

, MD,

  • Clinical Associate Professor of Surgery (Dermatology Section)
  • Geisel School of Medicine at Dartmouth
  • Clinical Assistant Professor of Dermatology
  • University of Connecticut

Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

Picadas de percevejo geralmente são indolores, mas causam reações, muitas vezes pruriginosas, em pacientes suscetíveis.

Etiologia

Infestações por percevejo se tornaram mais comuns em países desenvolvidos nos últimos anos. Os percevejos que mais comumente afetam os seres humanos são Cimex lectularis (em climas temperados) e C. hemipterus (principalmente em climas tropicais). Percevejos se escondem em fendas e rachaduras de colchões, outras estruturas (p. ex., estrados de colchão, coxins e paredes; em países em desenvolvimento, casas de barro e telhados de palha). Eles se movem lentamente e são atraídos às pessoas pelo calor e dióxido de carbono. Percevejos picam a pele exposta, geralmente à noite. Um ciclo de alimentação é completado em 5 a 10 minutos.

Sinais e sintomas

As lesões geralmente ocorrem na pele exposta. Elas se desenvolvem em algum momento entre a manhã seguinte e 10 dias após a picada. As lesões podem ser qualquer uma das seguintes:

  • Ponto único

  • Máculas purpúricas

  • Máculas, pápulas ou pústulas eritematosas, muitas vezes pruriginosas, cada uma com um ponto hemorrágico central

  • Bolhas

As lesões podem formar padrões lineares ou podem ser vistas em grupos. Idosos desenvolvem sintomas com menos frequência do que pessoas mais jovens. As lesões desaparecem após cerca de 1 semana. Infecções secundárias podem se desenvolver.

Pacientes podem ficar muito ansiosos com a dificuldade e o custo da erradicação de uma infestação por percevejo e com o estigma social que pode resultar da infestação. Eles podem se isolar para evitar a propagação da infestação.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

O diagnóstico baseado na aparência da lesão pode ser difícil porque a aparência geralmente é inespecífica. Mas a maioria das picadas de percevejo é mais extensa e mais edematosa que outras picadas (p. ex., picadas de pulga).

A identificação dos percevejos pode ajudar a confirmar o diagnóstico. Percevejos têm corpos ovais, achatados e marrom-avermelhados. Após se alimentarem de sangue, o corpo fica menos achatado e mais avermelhado. C. lectularis adultos têm cerca de 5 a 7 mm de comprimento, e C. hemipterus são um pouco mais longos. Fezes ou sangue de percevejo podem ser encontradas em roupas de cama ou atrás de papéis de parede.

Tratamento

  • Tratamento sintomático

Picadas de percevejo são tratadas sintomaticamente (p. ex., com corticoides tópicos e/ou anti-histamínicos sistêmicos), conforme necessário.

Percevejos devem ser erradicados utilizando meios físicos e químicos. Os meios físicos incluem limpeza com aspirador de pó das áreas afetadas e lavagem dos artigos suspeitos, secando-os então na configuração mais quente do secador. Além disso, todos os ambientes devem ser tratados profissionalmente, quando possível, por meio de aquecimento a temperaturas ≥ 50 °C ou com vários insecticidas.

Pontos-chave

  • Considerar picadas de percevejo especialmente se as lesões inicialmente assintomáticas se agruparem linearmente na pele exposta.

  • Procurar evidências da infestação para ajudar a confirmar o diagnóstico.

  • Recomendar assistência profissional para ajudar a erradicar os percevejos.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS