Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Intussuscepção

Por

William J. Cochran

, MD, Geisinger Clinic

Última revisão/alteração completa jul 2017| Última modificação do conteúdo jul 2017
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

A intussuscepção é um distúrbio no qual um segmento do intestino desliza por cima do outro, muito parecido com as partes de um telescópio. Os segmentos afetados bloqueiam o intestino e bloqueiam o fluxo sanguíneo.

  • A causa da intussuscepção é desconhecida.

  • Os sintomas incluem episódios de dores estomacais e vômito que começam subitamente e vêm e vão diversas vezes por hora. Mais tarde, as fezes podem ficar sangrentas.

  • Um enema opaco pode confirmar o diagnóstico e também tratar o quadro clínico.

  • Às vezes, uma cirurgia é necessária.

A intussuscepção é a causa mais comum de bloqueio intestinal em crianças entre seis meses e três anos de idade. Os meninos são um pouco mais afetados do que as meninas. Na maioria dos casos, a causa é desconhecida. Em aproximadamente 25% das crianças com intussuscepção, normalmente crianças muito novas e em crianças mais velhas, o deslizamento (invaginação) é causado por algo no intestino, como um pólipo, um divertículo de Meckel, um tumor canceroso (maligno) (por exemplo, linfoma) ou vasculite associada à imunoglobulina A. As crianças com fibrose cística também correm risco de desenvolver intussuscepção.

Às vezes, o deslizamento (invaginação) dos segmentos retorna ao normal sem tratamento. Se não, os segmentos invaginados bloqueiam o intestino e então bloqueiam o fluxo sanguíneo (o que se chama isquemia) para a área afetada. Caso o fluxo sanguíneo seja bloqueado por mais do que algumas horas, o intestino afetado pode morrer (desenvolver gangrena). Caso um segmento do intestino morra, pequenos buracos (perfurações) podem se desenvolver e permitir que bactérias penetrem na cavidade abdominal, o que pode resultar em uma infecção grave (peritonite).

Sintomas da intussuscepção

A intussuscepção em geral causa episódios de dores estomacais e vômitos que começam subitamente em crianças de outro modo saudáveis. Os episódios normalmente duram de 15 a 20 minutos. De início, a criança parece estar relativamente bem entre os episódios. Mais tarde, à medida que a isquemia se desenvolve, a dor se torna contínua, a criança fica irritável e/ou letárgica e algumas crianças evacuam fezes avermelhadas (fezes contendo sangue e muco) ou desenvolvem febre. Crianças com perfurações têm aparência doente e apresentam dores quando o abdômen é tocado. Às vezes, os médicos podem sentir uma massa em forma de salsicha no abdômen onde a intussuscepção está localizada.

Em casos raros, as crianças com intussuscepção não apresentam dor. Em vez disso, essas crianças parecem estar letárgicas, como se estivessem drogadas.

O que é a intussuscepção?

Uma parte do intestino desliza sobre a outra, como as partes de um telescópio dobrável. Como resultado, o intestino fica bloqueado.

O que é a intussuscepção?

Diagnóstico da intussuscepção

  • Exames de imagem, normalmente ultrassonografia

Um médico pode suspeitar de intussuscepção com base nos sintomas e no exame físico da criança.

Ultrassonografia pode ser feita para confirmar o diagnóstico. Uma radiografia simples do abdômen pode mostrar um bloqueio no intestino, mas não confirma a presença de intussuscepção. Com menos frequência, uma tomografia computadorizada (TC) é realizada para avaliar a dor abdominal da criança e ela consegue diagnosticar a intussuscepção.

Tratamento da intussuscepção

  • Enema opaco

  • Cirurgia

Um enema opaco é realizado caso a ultrassonografia confirme a intussuscepção.

Enema opaco

Com um enema opaco, o médico introduz ar no reto da criança através de um pequeno tubo e então faz radiografias. A pressão do ar em geral empurra a parte colapsada do intestino de volta para o seu lugar. Radiografias mostram se o procedimento foi bem-sucedido. Caso o enema opaco seja bem-sucedido, a criança pode ser mandada para casa em apenas um dia. Os pais devem observar quaisquer outros sintomas, porque a intussuscepção pode reincidir nos dois dias seguintes.

Quando a intussuscepção é corrigida com enema opaco e não com procedimento cirúrgico, ela reaparece em aproximadamente 5 a 10% das crianças.

Cirurgia

É necessário realizar cirurgia para tratar a intussuscepção

  • Se a criança apresentar sinais de perfuração intestinal.

  • Se o enema opaco não corrigir a intussuscepção.

  • Se houver recorrência do distúrbio.

No caso de recidiva, cirurgia é realizada não apenas para corrigir o distúrbio, mas também para buscar sinais de pólipos, tumores ou outras anomalias que possam explicar por que a intussuscepção ocorreu.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS