Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Ceratite amebiana (infecção ocular)

Por

Richard D. Pearson

, MD, University of Virginia School of Medicine

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Ceratite amebiana é uma infecção rara da córnea (a camada transparente na frente da íris e da pupila do olho) causada por espécies de Acanthamoeba, amebas de vida livre. Ela geralmente ocorre em pessoas que usam lentes de contato.

  • A ceratite amebiana causa ulcerações dolorosas na córnea e geralmente a visão é afetada.

  • Os médicos recolhem uma amostra de tecido da córnea para ser analisada e cultivada.

  • Para ajudar a prevenir esta infecção, as pessoas devem manter suas lentes de contato em solução estéril e não devem usá-las ao nadar, em banheiras ou ao tomar banhos de chuveiro.

  • Os oftalmologistas retiram as células infectadas e danificadas se as ulcerações forem superficiais e tratam a infecção com colírio de biguanida-clorexidina ou poli-hexametileno biguanida (substâncias usadas para desinfetar lentes de contato) combinado com colírio de propamidina ou hexamidina.

As amebas de vida-livre são protozoários que vivem no solo ou na água e não precisam viver em pessoas ou animais. Embora elas raramente causem infecções em humanos, certos tipos dessas amebas podem causar infecções sérias, com risco de morte, além de ceratite amebiana.

A ceratite amebiana pode ser progressivamente destrutiva. A maioria das pessoas infectadas (85%) usa lentes de contato. A infecção é mais provável se as lentes forem usadas durante a natação ou se a solução de limpeza das lentes não for estéril. Algumas infecções se desenvolvem após um arranhão acidental da córnea.

Sintomas de ceratite amebiana

Geralmente, uma ulceração dolorosa se desenvolve na córnea. Os sintomas de ceratite amebiana incluem vermelhidão dos olhos, excesso de produção de lágrimas, sensação de corpo estranho e dor quando os olhos são expostos à luz brilhante. A visão é geralmente prejudicada.

Diagnóstico de ceratite amebiana

  • Exame e cultura de uma amostra retirada da córnea

Para diagnosticar ceratite amebiana, os médicos recolhem uma amostra de tecido da córnea para ser analisada ao microscópio e cultivada.

Prevenção de ceratite amebiana

Para ajudar a prevenir a ceratite amebiana, as pessoas devem limpar e guardar suas lentes de contato seguindo as recomendações dos profissionais de cuidados oftalmológicos e dos fabricantes. As pessoas que usam lentes de contato devem lavar as mãos cuidadosamente antes de manusear as lentes e devem manter a solução de armazenamento fresca, não devendo reutilizá-la nem mantê-la destampada. Elas não devem usar uma solução caseira ou água de torneira. Além disso, as pessoas não devem usar lentes de contato ao nadar, em banheiras ou ao tomar banhos de chuveiro.

Tratamento de ceratite amebiana

  • Medicamentos antimicrobianos

Um médico de olhos (oftalmologista) deve iniciar imediatamente o tratamento de ceratite amebiana. A infecção prematura e superficial pode ser tratada com mais facilidade. Se as ulcerações forem superficiais, os médicos usam um aplicador com ponta de algodão para remover as células infectadas e danificadas.

Os médicos tratam ceratite amebiana com os medicamentos antimicrobianos a seguir aplicados na forma de colírios durante seis meses a um ano:

  • Clorexidina (um desinfetante) ou poli-hexametileno biguanida (um desinfetante usado em alguns produtos de limpeza para lentes de contato) com ou sem

  • Propamidina ou hexamidina

Esses medicamentos são aplicados a cada uma ou duas horas quando o tratamento é iniciado.

O tratamento é intensivo no primeiro mês, depois reduzido aos poucos à medida que ocorre a cura. O tratamento muitas vezes dura de 6 a 12 meses. Se o tratamento for interrompido muito cedo, é provável que a infecção se repita. Não se deve usar colírios à base de corticosteroides.

A cirurgia para reparar a córnea (ceratoplastia) é raramente necessária, a menos que o diagnóstico e o tratamento sejam tardios ou o tratamento medicamentoso seja ineficaz.

Mais informações sobre ceratite amebiana

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Coccidioidomicose
Qual dos medicamentos a seguir é usado para tratar casos graves de coccidioidomicose progressiva?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS