Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Cefalosporinas

Por

Brian J. Werth

, PharmD, University of Washington School of Pharmacy

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

As cefalosporinas compreendem uma subclasse de antibióticos denominados antibióticos betalactâmicos (antibióticos que têm uma estrutura química chamada anel betalactâmico). Os antibióticos betalactâmicos também incluem os carbapenéns, os monobactans e as penicilinas.

Há cinco classificações ou gerações principais de cefalosporinas. As diferentes gerações são eficazes contra tipos distintos de bactérias.

A maioria das bactérias possui uma capa externa (parede celular) que as protege. Da mesma fora que outros antibióticos betalactâmicos, as cefalosporinas agem impedindo que as bactérias formem essa parede celular, o que resulta em morte das bactérias.

Como as cefalosporinas são estruturalmente semelhantes às penicilinas, algumas pessoas que têm uma reação alérgica a penicilinas podem ter uma reação alérgica a determinadas cefalosporinas. Um profissional de saúde pode ajudar a avaliar o risco de reatividade cruzada alérgica entre antibióticos específicos em pessoas que acreditam que tiveram uma reação alérgica.

Tabela
icon

Cephalosporins

Medicamento

Usos comuns

Alguns efeitos colaterais

1ª geração

Cefadroxil

Cefazolina

Cefalexina

Administrada antes de procedimentos cirúrgicos para prevenir infecções

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

2ª geração

Cefaclor

Cefotetana

Cefoxitina

Cefprozil

Cefuroxima

Algumas infecções respiratórias

No caso de cefoxitina: Infecções abdominais

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

3ª geração

Cefdinir

Cefditoreno

Cefixima

Cefotaxima

Cefpodoxima

Ceftazidima

Ceftibuteno

Ceftriaxona

Administrado por via oral: ampla cobertura de muitas bactérias para pessoas com infecções leves a moderadas, incluindo infecções da pele e do tecido mole.

Administrados por injeção: infecções sérias (tais como meningite ou infecções adquiridas em hospital)

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

4ª geração

Cefepima

Infecções sérias (incluindo infecções por Pseudomonas), particularmente em pessoas com um sistema imunológico enfraquecido, e infecções devido a bactérias suscetíveis que são resistentes a outros antibióticos

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

5ª geração

Ceftarolina

Infecções devido a bactérias suscetíveis, como Staphylococcus aureus resistente à meticilina (SARM) e Enterococcus faecalis

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

Ceftobiprol†

Infecções devido a bactérias suscetíveis, como Staphylococcus aureus resistente à meticilina (SARM) e Enterococcus faecalis

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

Novas cefalosporinas

Cefiderocol

Infecções do trato urinário devido a bactérias suscetíveis, tais como Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis, Pseudomonas aeruginosa e Enterobacter, em pessoas com mais de 18 anos de idade que têm opções de tratamento alternativo limitadas ou nenhuma opção

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

Ceftolozana mais tazobactam

Infecções do trato urinário ou abdominais complicadas ou pneumonia adquirida no hospital ou pneumonia associada a ventilador, decorrente de microrganismos sensíveis

Distúrbios gastrointestinais e diarreia*

Náusea

Reações alérgicas (mais prováveis em pessoas alérgicas à penicilina)

Problemas renais e hepáticos

* Quase todos os antibióticos podem causar inflamação do cólon (colite) e diarreia induzida por Clostridioides difficile, mas a clindamicina, as penicilinas, as cefalosporinas e as fluoroquinolonas são as causas mais comuns.

† Ceftobiprol não está disponível nos Estados Unidos.

Uso de cefalosporinas durante a gravidez e a amamentação

As cefalosporinas estão entre os antibióticos mais seguros para uso durante a gravidez, mas elas não estão isentas de riscos. Cada fármaco é um pouco diferente e pode ter diferentes efeitos colaterais (consulte também Uso de medicamentos durante a gravidez).

Não se aconselha o uso de cefalosporinas durante a amamentação, pois esses medicamentos podem afetar o trato digestivo do bebê. (Consulte também Utilização de medicamentos durante a amamentação).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS