Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Hipernatremia (níveis altos de sódio no sangue)

Por

James L. Lewis, III

, MD, Brookwood Baptist Health and Saint Vincent’s Ascension Health, Birmingham

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Na hipernatremia, os níveis de sódio no sangue estão excessivamente altos.

  • A hipernatremia envolve a desidratação, que pode ter várias causas, inclusive não beber a quantidade suficiente de líquidos, diarreia, disfunção renal e diuréticos.

  • A pessoa fica sobretudo com sede e, se a hipernatremia piorar, ela pode ficar confusa ou ter espasmos musculares e convulsões.

  • Exames de sangue são feitos para medir os níveis de sódio.

  • Normalmente, é administrada hidratação por via intravenosa para reduzir lentamente os níveis de sódio no sangue.

O sódio é um dos eletrólitos do corpo, que são minerais que carregam uma carga elétrica quando dissolvidos em líquidos corporais como o sangue. Na hipernatremia, o corpo contém muito pouca água para a quantidade de sódio. Os níveis de sódio no sangue ficam excepcionalmente elevados quando a perda de água excede a perda de sódio.

Normalmente, a hipernatremia resulta da desidratação. Por exemplo, a pessoa pode perder líquidos corporais e ficar desidratada em decorrência de

  • Beber muito pouco líquido

  • Vômitos

  • Apresentar diarreia

  • Utilizar diuréticos

  • Transpirar excessivamente

Ingestão insuficiente de água geralmente desempenha um papel importante.

A pessoa com diabetes mellitus e níveis elevados de glicose no sangue pode urinar em excesso, dando origem à desidratação. A desidratação pode também ser causada por distúrbios renais e por diabetes insipidus, que também faz com que a pessoa urine em excesso, embora sem apresentar níveis elevados de glicose no sangue, e ocorre devido a secreção ou ação inadequada ou ineficaz da vasopressina.

Raramente, os distúrbios da glândula adrenal podem causar hipernatremia leve sem desidratação. A administração excessiva de sal (normalmente em pessoas internadas no hospital) é outra causa rara da hipernatremia. A hipernatremia é mais comum entre os idosos.

Sintomas

A hipernatremia normalmente provoca sede. Os sintomas mais graves da hipernatremia resultam da disfunção cerebral. A hipernatremia grave pode causar confusão, espasmos musculares, convulsões, coma e morte.

Diagnóstico

  • Medindo os níveis de sódio no sangue

O diagnóstico toma por base exames de sangue que indicam que os níveis de sódio estão altos.

É possível que o médico realize outros exames para identificar a causa da hipernatremia, incluindo medições do volume e da concentração de urina. Um exame especial chamado teste de privação hídrica é útil para identificar algumas causas, como diabetes insipidus. O médico monitora uma pessoa cuidadosamente durante o período de 12 horas desse exame, uma vez que ele pode ser perigoso.

Tratamento

  • Reposição de líquidos

A hipernatremia é tratada com a reposição de fluidos. Em todos os casos, exceto os mais leves, soluções diluídas (contendo água e uma pequena quantidade de sódio, em concentrações cuidadosamente ajustadas) são administradas por via intravenosa. Os níveis de sódio no sangue devem ser reduzidos lentamente, porque uma redução muito rápida pode causar uma lesão cerebral permanente.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Diabetes mellitus
Vídeo
Diabetes mellitus
Durante o processo digestivo, uma grande parte dos alimentos consumidos é convertida em glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema endócrino masculino
Modelo 3D
Sistema endócrino masculino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS