Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Glândulas endócrinas

Por

John E. Morley

, MB, BCh, Saint Louis University School of Medicine

Última revisão/alteração completa abr 2019| Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O sistema endócrino é composto por um grupo de glândulas e órgãos que regulam e controlam várias funções do organismo por meio da produção e secreção de hormônios. Os hormônios são substâncias químicas que afetam a atividade de outra parte do corpo. Em essência, os hormônios atuam como mensageiros que controlam e coordenam as atividades em todo o corpo.

  • As glândulas endócrinas liberam os hormônios diretamente na corrente sanguínea

  • Glândulas exócrinas liberam hormônios ou outras substâncias para dentro de um duto

Os órgãos individuais que formam o sistema endócrino têm funções diferentes e, frequentemente, não relacionadas. Os médicos especializados em doenças do sistema endócrino são chamados de endocrinologistas. Muitos endocrinologistas se subespecializam nas funções e nos distúrbios de glândulas específicas.

As principais glândulas do sistema endócrino que individualmente fabricam um ou mais hormônios específicos, são:

O hipotálamo (uma pequena região do cérebro que se conecta à hipófise) secreta vários hormônios que controlam a hipófise. Às vezes, a hipófise é chamada de glândula mestra, porque ela secreta os hormônios que controlam as funções de muitas outras glândulas endócrinas.

Durante a gravidez, a placenta também assume a função de uma glândula endócrina ao produzir hormônios que ajudam com a gravidez além de cumprir com suas próprias funções.

Principais glândulas endócrinas

Principais glândulas endócrinas

Nem todos os órgãos que secretam hormônios ou substâncias semelhantes a hormônios fazem parte do sistema endócrino. Por exemplo, os rins produzem o hormônio renina com o objetivo de ajudar a controlar a pressão arterial e o hormônio eritropoietina, que estimula a medula óssea a produzir glóbulos vermelhos. Além disso, o aparelho digestivo produz uma série de hormônios que controlam a digestão, afetam a secreção de insulina pelo pâncreas e alteram comportamentos, tais como os associados à fome. A gordura (tecido adiposo) também produz hormônios que regulam o metabolismo (a maneira pela qual o organismo usa os alimentos para controlar os processos químicos do corpo) e o apetite.

Além disso, o termo “glândula” não significa que o órgão necessariamente faz parte do sistema endócrino. Por exemplo, as glândulas sudoríparas, as glândulas salivares, as glândulas nas membranas mucosas e as glândulas mamárias são chamadas de glândulas exócrinas, porque elas secretam outras substâncias além de hormônios e porque elas secretam as substâncias para dentro de dutos e não diretamente na corrente sanguínea.

O pâncreas é tanto uma glândula endócrina como exócrina. Regiões especializadas no pâncreas produzem a insulina e outros hormônios que são liberados na corrente sanguínea para regular o nível de glicose no sangue, e outras regiões produzem os líquidos digestivos que atravessam o duto pancreático e acabam chegando ao intestino delgado para ajudar com a digestão dos alimentos.

Você sabia que...

  • Algumas pessoas usam os termos “íngua” ou “glândulas inchadas” para fazerem referência a linfonodos inchados, em especial quando os linfonodos inchados estão no pescoço. No entanto, linfonodos não são glândulas.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Nefropatia diabética
Vídeo
Nefropatia diabética
Os rins são um par de pequenos órgãos em forma de feijão localizados na parte posterior do...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema endócrino masculino
Modelo 3D
Sistema endócrino masculino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS