Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Íleo

(íleo paralítico; íleo adinâmico; paresia intestinal)

Por

Parswa Ansari

, MD, Hofstra Northwell-Lenox Hill Hospital, New York

Avaliado clinicamente set 2021
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE

O íleo paralítico é a ausência temporária dos movimentos de contração muscular normais do intestino.

  • A cirurgia abdominal e os medicamentos que interferem com os movimentos intestinais são uma causa comum.

  • Ocorrem distensão, vômito, obstipação, cólicas e perda de apetite.

  • O diagnóstico é estabelecido por radiografia.

  • A pessoa não recebe nada para comer ou beber e, algumas vezes, um fino tubo de sucção é passado pelo nariz até o estômago

Assim como é o caso da obstrução intestinal Obstrução intestinal A obstrução do intestino é um bloqueio que interrompe completamente ou compromete gravemente a passagem de alimentos, líquido, secreções digestivas e gás pelo intestino. As causas mais comuns... leia mais , o íleo paralítico impede a passagem de alimentos, líquido, secreções digestivas e gás pelo intestino. No entanto, ao contrário da obstrução intestinal, o íleo paralítico não é causado por um bloqueio físico (por exemplo, tumor ou tecido cicatricial) e raramente dá origem à ruptura.

A causa mais comum de íleo paralítico é

  • Cirurgia abdominal

O íleo paralítico geralmente ocorre 24 a 72 horas após a cirurgia abdominal, particularmente quando houve manipulação do intestino.

Outras causas incluem medicamentos, especialmente analgésicos opioides e medicamentos anticolinérgicos (Anticolinérgicos: O que isso significa? Anticolinérgicos: O que isso significa? Anticolinérgicos: O que isso significa? ). O íleo paralítico também pode ser causado por uma infecção dentro do abdômen, como a apendicite Apendicite A apendicite consiste na inflamação e infecção do apêndice. Geralmente, o bloqueio dentro do apêndice faz com que o órgão se inflame e fique infectado. Dor abdominal, náusea e febre são comuns... leia mais ou diverticulite Diverticulite A diverticulite é a inflamação de uma ou mais bolsas com formato de balão (divertículos). Ela pode ou não ser acompanhada de infecção. A diverticulite normalmente afeta o intestino grosso (cólon)... leia mais Diverticulite . Distúrbios extraintestinais como, por exemplo, insuficiência renal Considerações gerais sobre a insuficiência renal Este capítulo inclui uma nova seção sobre COVID-19 e lesão renal aguda (LRA). A insuficiência renal ocorre quando os rins não são capazes de filtrar devidamente os resíduos metabólicos do sangue... leia mais , glândula tireoide hipoativa Hipotireoidismo O hipotireoidismo é uma hipoatividade da tireoide que resulta na produção inadequada dos hormônios tireoidianos e na redução das funções vitais do corpo. A face fica edemaciada, a voz rouca... leia mais Hipotireoidismo , ataque cardíaco Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) Síndromes coronarianas agudas são o resultado de um bloqueio repentino em uma artéria coronariana. Esse bloqueio provoca angina instável ou um ataque cardíaco (infarto do miocárdio) dependendo... leia mais Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) ou níveis alterados de eletrólitos no sangue (por exemplo, baixos níveis de potássio Hipocalemia (níveis baixos de potássio no sangue) Na hipocalemia, os níveis de potássio no sangue estão excessivamente baixos. A presença de níveis baixos de potássio tem muitas causas, mas normalmente resulta de vômitos, diarreia, distúrbios... leia mais ou níveis elevados de cálcio Hipercalcemia (níveis altos de cálcio no sangue) Na hipercalcemia, os níveis de cálcio no sangue estão excessivamente altos. A presença de níveis elevados de cálcio pode ser causada por um problema nas glândulas paratireoides ou na dieta,... leia mais Hipercalcemia (níveis altos de cálcio no sangue) ), podem provocar íleo paralítico.

Sintomas de íleo paralítico

Os sintomas do íleo paralítico consistem em distensão abdominal e dor causadas pelo acúmulo de gás e líquidos, náusea, vômito, prisão de ventre (obstipação) grave, perda de apetite e cólica. A pessoa pode ter fezes aquosas.

Diagnóstico do íleo paralítico

  • Exame médico

  • Radiografias

O médico ouve alguns sons feitos pelo intestino em funcionamento (borborigmo) ou nenhum som pelo estetoscópio.

Tratamento de íleo paralítico

  • Restrição temporária de alimentos e líquidos por via oral

  • Líquidos administrados por via intravenosa

  • Sucção via sonda nasogástrica

Vômito intenso é raro, mas se ocorrer, o acúmulo de gases e de líquido causado pelo íleo paralítico deve ser aliviado. Normalmente, uma sonda é introduzida pelo nariz até o estômago, ou intestino delgado (sonda nasogástrica), que se liga a um sistema de aspiração para aliviar a pressão e a dilatação (distensão). A pessoa não pode comer ou beber nada até que a função intestinal tenha voltado ao normal. Às vezes, se o problema envolver principalmente o intestino grosso, passa-se um tubo pelo ânus até o intestino grosso, para aliviar a pressão.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS