honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Mamografia

Por

Mehmet Kocak

, MD, Rush University Medical Center

Última modificação do conteúdo mai 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Mamografias são radiografias das mamas, que normalmente incluem ≥ 2 incidências de cada mama obtidas de diferentes ângulos. As mamas são comprimidas com espátulas de plástico para otimizar a visualização do tecido da mama e suas anomalias.

Utilizam-se mamografias de rastreamento para procurar por câncer de mama em mulheres assintomáticas (ver Câncer de mama, rastreamento).

AS mamografias diagnósticas são usadas para diagnosticar doença mamária em mulheres com

  • Sintomas mamários

  • Nódulos mamários palpáveis

  • Resultados alterados no exame de mamografia que exigem maior investigação

As mamografias diagnósticas podem incluir incidências padrão e especializadas.

Tipicamente, a mamografia expõe as mamas a cerca de 0,4 mSv de radiação. Essa dose é relativamente baixa em comparação a outros exames de imagem que usam radiação (ver tabela Doses típicas de radiação). No entanto, a exposição à radiação é uma preocupação na mamografia porque o tecido da mama é sensível à radiação ( Riscos da exposição à radiação para fazer exames diagnósticos). Às vezes, a mamografia só é recomendada para as mulheres > 40 anos de idade, em parte porque o tecido da mama em mulheres mais velhas é menos sensível aos efeitos adversos da radiação. A mamografia especializada e as técnicas de imagem digital são usadas para minimizar a exposição à radiação.

Variações da mamografia

A tomossíntese, técnica 3-D, pode ser usada na mamografia. Na tomossíntese, uma fonte de raios-X move-se ao longo de um arco da excursão, fornecendo finos cortes tomográficos, que são reconstituídos em imagens 3-D. Essa técnica minimiza o efeito da estruturas sobrepostas na mama. Assim, as anomalias podem ser mais bem separadas do fundo. Como resultado, pode-se reduzir a necessidade de fazer mamografias repetidas, e os médicos podem conseguir detectar os tumores mais precisamente, sobretudo nas pacientes com mamas densas.

A dose total de radiação utilizada na mamografia 3-D (1,0 mSv) é mais alta do que a utilizada na mamografia convencional (0,5 mSv). embora seja relativamente baixa em comparação a alguns outros exames de imagem.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS