Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Como avaliar o estado mental

Por

George Newman

, MD, PhD, Albert Einstein Medical Center

Última modificação do conteúdo fev 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

Inicialmente avalia-se o período de atenção do paciente; um paciente desatento não pode cooperar totalmente e atrasa o exame. Qualquer sinal de declínio cognitivo requer exame do estado mental ( Exame do estado mental), que compreende o teste de múltiplos aspectos da função cognitiva, como os seguintes:

  • Orientação em relação ao tempo, espaço e pessoa

  • Atenção e concentração

  • Memória

  • Habilidades verbais e matemáticas

  • Julgamento

  • Raciocínio

A perda de orientação pessoal (não sabe o próprio nome) só ocorre quando o embotamento, o delirium ou a demência são graves; como sintoma isolado, sugere fingimento.

A compreensão da doença e o conhecimento em relação ao nível educacional são avaliados, assim como o afeto e o humor. O vocabulário normalmente se correlaciona com o nível educacional.

Solicita-se para o paciente faça o seguinte:

  • Execute uma ordem complexa que envolva 3 partes do corpo e discrimine os lados direito e esquerdo (p. ex., “Coloque seu polegar direito na orelha esquerda e ponha a língua para fora da boca”)

  • Nomeie objetos simples e partes desses objetos (p. ex., óculos e lentes, cinto e fivela do cinto)

  • Nomeie partes do corpo e leia, escreva e repita frases simples; (no caso de deficits, são necessários outros testes de afasia)

A percepção espacial pode ser avaliada pedindo-se ao paciente para imitar formações simples e complexas com os dedos e para desenhar um relógio, um cubo, uma casa ou pentágonos conectados; o esforço despendido é tão informativo quanto o produto final. Esse teste pode identificar falta de persistência, perseveração, micrografia e negligência hemiespacial.

A práxis (capacidade cognitiva de realizar movimentos motores complexos) pode ser avaliada pedindo-se ao paciente para usar uma escova de dentes ou pente, ou para estalar os dedos.

Exame do estado mental

O exame do estado mental é o conhecimento da capacidade mental ativa por meio da avaliação de aspecto geral, comportamento, qualquer crença e percepção incomum ou bizarra (p. ex., delírios, alucinações), humor e todos os aspectos da cognição (p. ex., atenção, orientação, memória).

O exame do estado mental é realizado em qualquer indivíduo com alteração do estado mental ou comprometimento da cognição, seja agudo ou crônico. Há várias ferramentas de triagem disponíveis; as seguintes são especialmente úteis:

  • Montreal Cognitive Assessment (MOCA) para triagem geral porque abrange uma ampla variedade de funções cognitivas

  • Miniexame do estado mental ao avaliar pacientes para doença de Alzheimer porque focaliza testes de memória

Os resultados basais são registrados e o exame é repetido anualmente e sempre que houver suspeita de alteração do estado mental.

Deve-se avisar os pacientes que o registro do estado mental é rotina e que eles não devem ficar constrangidos com a realização do exame.

O exame é realizado em uma sala silenciosa, e o examinador deve ter certeza de que o paciente pode ouvir claramente as perguntas. Os pacientes que não falam português como língua principal devem ser questionados na língua em que são fluentes.

O exame do estado mental avalia os diferentes parâmetros da função cognitiva. Inicialmente, o examinador deve constatar que o paciente está atento — p. ex., avaliando seu nível de atenção enquanto a história está sendo tomada ou solicitando que ele repita 3 palavras imediatamente. Não é apropriado testar um paciente desatento.

Os parâmetros da função cognitiva a serem testados e exemplos de como testá-los incluem:

Orientação

Teste os 3 parâmetros de orientação:

  • Pessoa (qual é seu nome?)

  • Data/hora (qual é a data hoje?)

  • Local (qual é o nome desse local?)

Memória a curto prazo

Pedir que o paciente repita o nome de 3 objetos após aproximadamente 2 a 5 minutos.

Memória a longo prazo

Fazer uma pergunta ao paciente sobre seu passado, como “Que cor de terno você usou em seu casamento?” ou “Qual era a marca de seu primeiro carro?”

Cálculos matemáticos

Utilize qualquer teste matemático simples. O teste “7 seriado” é comum: peça ao paciente para começar com 100, subtrair 7, então subtrair 7 de 93 e assim sucessivamente. Alternativamente pergunte quantas moedas de cinco centavos há em R$ 1,35.

Procura de palavras

Peça ao paciente para nomear, em 1 minuto, o máximo de palavras possível em uma única categoria, como artigos de vestuário ou animais.

Atenção e concentração

Peça ao paciente para soletrar uma palavra de 5 letras em ordem natural e inversa. Em geral, usa-se a palavra “Mundo”.

Identificação de objetos

Mostrar um objeto, como uma caneta, um livro ou uma régua, e peça que o paciente nomeie o objeto e uma parte dele.

Obedecer a comandos

Começar com um comando de 1 fase, como: “Toque seu nariz com a mão direita”. Depois, teste um comando de 3 fases, como pegue esse pedaço de papel com a mão direita. Dobrá-lo pela metade. Colocar o papel no chão”.

Escrita

Pedir ao paciente para escrever uma frase. A sentença deve conter um sujeito e um objeto e deve fazer sentido. Erros ortográficos devem ser ignorados.

Orientação espacial

Solicite que o paciente desenhe uma casa ou um relógio e marque o relógio com uma hora específica. Ou peça que o paciente desenhe 2 pentágonos se interseccionando.

Raciocínio abstrato

Peça ao paciente para identificar o tema em comum entre 3 ou 4 objetos (p. ex., são todas frutas, são todos meios de transporte, são todos instrumentos musicais). Peça ao paciente para explicar um provérbio como: “Quem tem telhado de vidro não deve atirar pedras no do vizinho”.

Julgamento

Peça ao paciente para explicar o que faria em uma situação hipotética: “O que você faria se encontrasse uma carta com selo na calçada?” A resposta correta é colocar no correio; abrir a carta sugere um distúrbio de personalidade.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como fazer o exame dos nervos cranianos
Vídeo
Como fazer o exame dos nervos cranianos
Modelos 3D
Visualizar tudo
Impulso neural
Modelo 3D
Impulso neural

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS