Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Visão geral das bactérias anaeróbias

Por

Larry M. Bush

, MD, FACP, Charles E. Schmidt College of Medicine, Florida Atlantic University;


Maria T. Vazquez-Pertejo

, MD, FCAP, Wellington Regional Medical Center

Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

As bactérias podem ser classificadas de acordo com a necessidade de e a tolerância ao oxigênio:

  • Facultativas: crescem de modo aeróbio ou anaeróbio na presença ou na ausência de oxigênio

  • Microaerofílicas: exigem baixa concentração de oxigênio (tipicamente, 2 a 10%) e, em muitos casos, alta concentração de dióxido de carbono (p. ex., 10%); crescem muito mal em anaerobiose

  • Anaeróbias obrigatórias: são incapazes de metabolismo aeróbio, mas exibem tolerância variável ao oxigênio

Bactérias anaeróbias obrigatórias reproduzem-se em local de baixo potencial de oxirredução, como no tecido necrótico e não vascularizado. O oxigênio é tóxico para elas. As anaeróbias obrigatórias foram classificadas de acordo com a sua tolerância ao oxigênio:

  • Estritas: só toleram 0,5% de oxigênio

  • Moderadas: toleram de 2% a 8% de oxigênio

  • Anaeróbias aerotolerantes: toleram oxigênio atmosférico por tempo limitado

As bactérias anaeróbias obrigatórias que normalmente causam infecção podem tolerar níveis de oxigênio por, pelo menos, 8 horas e frequentemente por até 72 horas.

Bactérias anaeróbias obrigatórias são os principais componentes da flora normal (especialmente, da área gastrintestinal, da boca e da vagina), mas quando entram em espaços estéreis, podem causar infecções graves.

Bactérias anaeróbias Gram-negativas e algumas das infecções que causam incluem

  • Bacteroides (mais comum): infecções intra-abdominais

  • Fusobacterium: abscessos, infecções de feridas e infecções pulmonares e intracraniais

  • Porphyromonas: pneumonia de aspiração e periodontite

  • Prevotella: infecções do tecido mole e intra-abdominal

Bactérias anaeróbias Gram-positivas e algumas das infecções que causam incluem

As infecções anaeróbias são caracteristicamente supurativas, formam abscessos e necrose de tecidos e, às vezes, tromboflebite séptica e/ou formação de gás. Muitos anaeróbios produzem enzimas que desvitalizam os tecidos e algumas das mais potentes toxinas paralíticas conhecidas.

Geralmente, existem várias espécies de anaeróbios nos tecidos infectados; aeróbios também costumam estar presentes (infecções anaeróbias mistas).

A suspeita para a presença de infecção por anaeróbios inclui

  • Resultados polimicrobianos na coloração de Gram ou na cultura

  • Formação de gases em tecidos

  • Odores fétidos e formação de abscessos

  • Necrose de tecidos

  • Local de infecção perto da mucosa em que normalmente reside a flora anaeróbia

Exames

Devem ser obtidas amostras para cultura de anaeróbios no aspirado, ou material de biópsia de locais normalmente estéreis. A chegada ao laboratório deve ser rápida e as condições de transporte devem fornecer uma atmosfera isenta de oxigênio, dióxido de carbono, hidrogênio e nitrogênio. Swabs devem ser transportados em meio semissólido anorganismo aeróbio esterilizado, como o meio de transporte de Cary-Blair.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do COVID-19
Vídeo
Visão geral do COVID-19
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sars-CoV
Modelo 3D
Sars-CoV

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS