Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Sangramento vaginal no início da gestação

Por

Emily E. Bunce

, MD, Wake Forest School of Medicine;


Robert P. Heine

, MD, Wake Forest School of Medicine

Última revisão/alteração completa jun 2021| Última modificação do conteúdo jun 2021
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Durante as primeiras 20 semanas de gravidez, 20% a 30% das mulheres têm sangramento vaginal. Em aproximadamente metade dessas mulheres, a gravidez termina em aborto espontâneo Aborto espontâneo Um aborto espontâneo é a perda de um feto devido a causas naturais antes de 20 semanas de gestação. Abortos espontâneos podem ocorrer devido a um problema no feto (por... leia mais . Se o aborto espontâneo não ocorrer imediatamente, é possível que ocorram problemas posteriores na gravidez. Por exemplo, o peso de nascimento do bebê pode ser baixo, ou o bebê pode nascer antes (parto prematuro Trabalho de parto prematuro O trabalho de parto que ocorre antes de 37 semanas da gestação é considerado prematuro. Os bebês que nascem prematuramente podem apresentar graves problemas de saúde. O diagnóstico... leia mais ), nascer morto (natimorto Natimorto Natimorto é a morte de um feto após 20 semanas de gestação. Complicações da gravidez são problemas que ocorrem apenas durante a gestação. Elas podem afetar a mulher, o feto... leia mais ) ou morrer durante o parto ou logo após o nascimento. Se o sangramento for abundante, uma queda perigosa da pressão arterial pode ocorrer, fazendo com que a pessoa entre em choque Choque O choque é um quadro clínico com risco à vida, em que o fluxo sanguíneo é baixo, diminuindo o fornecimento de oxigênio e causando danos a esses órgãos... leia mais . No entanto, muitas mulheres com sangramento no início da gravidez têm uma gestação e parto saudáveis.

A quantidade de sangue pode variar de manchas de sangue a uma quantidade enorme. Perder uma grande quantidade de sangue é sempre uma preocupação, mas manchas ou sangramento leve também podem indicar um distúrbio grave.

Causas

O sangramento vaginal no início da gestação pode ser causado por distúrbios relacionados com a gravidez (obstétrica) ou não (consulte a tabela Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação ).

A causa mais comum de sangramento vaginal no início da gestação é

Existem diferentes graus de aborto espontâneo Aborto espontâneo Um aborto espontâneo é a perda de um feto devido a causas naturais antes de 20 semanas de gestação. Abortos espontâneos podem ocorrer devido a um problema no feto (por... leia mais . Um aborto espontâneo pode ser possível (ameaça de aborto) ou certo (aborto inevitável). Todo o conteúdo do útero (feto e placenta) pode ser expelido (aborto completo) ou não (aborto incompleto). O conteúdo do útero pode ser infectado antes, durante ou após o aborto espontâneo (aborto séptico). O feto pode morrer no útero e permanecer lá (aborto retido). Todo tipo de aborto espontâneo pode causar sangramento vaginal no início da gestação.

A causa mais perigosa de sangramento vaginal no início da gestação é

Outra causa possivelmente perigosa, mas menos comum é a ruptura de um cisto do corpo lúteo. Depois de um óvulo ser liberado, a estrutura que o liberou (o corpo lúteo) pode ficar cheia de líquido ou sangue em vez de se decompor e desaparecer como ocorre normalmente.

Caso uma gravidez ectópica ou um cisto no corpo lúteo se rompa, o sangramento pode ser abundante, fazendo com que a pessoa entre em choque.

Fatores de risco

Os fatores de risco para o aborto espontâneo incluem:

Os fatores de risco para a gravidez ectópica incluem

Avaliação

Primeiramente, o médico determina se a causa do sangramento vaginal é uma gravidez ectópica.

Sinais de alerta

Os seguintes sintomas são motivo de preocupação em gestantes com sangramento vaginal no início da gestação:

Quando consultar um médico

As mulheres com sinais de alerta devem consultar um médico imediatamente.

As mulheres sem sinais de alerta devem visitar o médico no prazo de 48 a 72 horas.

O que o médico faz

O médico faz perguntas sobre os sintomas e o histórico médico (incluindo gestações anteriores, abortos espontâneos e abortos induzidos, fatores de risco para gravidez ectópica e aborto espontâneo). Em seguida, os médicos fazem um exame físico. O que ele identifica durante a anamnese e o exame físico geralmente sugere uma causa e os exames que talvez sejam necessários (consulte a tabela Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação Algumas causas e características do sangramento vaginal no início da gestação ).

O médico faz perguntas a respeito do sangramento:

  • Quão grave é (por exemplo, quantos absorventes são utilizados ou embebidos em uma hora)

  • Houve formação de coágulos ou tecido

  • Há dor junto com o sangramento

Se a dor estiver presente, o médico faz perguntas sobre quando e como tudo começou, onde ocorre, quanto tempo dura, se é aguda ou surda e se é constante ou vai e volta.

Durante o exame físico, o médico primeiro verifica se há febre e sinais de perda de sangue significativa, como um coração acelerado e pressão arterial baixa. Depois disso, ele faz um exame pélvico Exame pélvico Para cuidados ginecológicos, a mulher deve escolher um médico com quem possa discutir confortavelmente temas delicados, como sexo, métodos anticoncepcionais, gravidez e problemas relacionados... leia mais , verificando se o colo do útero (a parte inferior do útero) começou a se abrir (dilatar) para permitir a passagem do feto. Se algum tecido (possivelmente de um aborto espontâneo) for detectado, ele deve ser removido e enviado para um laboratório para ser analisado.

Além disso, o médico pressiona suavemente o abdômen para ver se está sensível ao toque.

Tabela
icon

Exames

Se o exame de gravidez caseiro for positivo, mas a gravidez não foi confirmada por um profissional de saúde, o médico faz um exame de gravidez com uma amostra de urina.

Logo que a gravidez seja confirmada, vários exames são feitos:

  • Tipo sanguíneo e fator Rh (positivo ou negativo)

  • Geralmente ultrassonografia

  • Exames de sangue comuns para medir um hormônio (gonadotrofina coriônica humana, ou hCG) produzido pela placenta no início da gestação

Se o sangramento for significativo (superior a aproximadamente uma xícara), o médico também faz um hemograma completo e exames para verificar quanto à presença de anticorpos anômalos ou para realizar a compatibilidade cruzada de sangue (para determinar se o tipo de sangue da mulher é compatível com o do doador), caso seja necessária uma transfusão de sangue). Se a perda de sangue for significativa ou a mulher entrar em choque, são feitos exames para determinar se a coagulação do sangue está ocorrendo normalmente.

A ultrassonografia costuma ser realizada por meio da introdução de um dispositivo de ultrassom na vagina. A ultrassonografia pode detectar uma gravidez no útero e pode detectar batimentos cardíacos depois de aproximadamente seis semanas de gravidez. Se o batimento cardíaco não for detectado depois disso, um aborto espontâneo é diagnosticado. Caso sejam detectados batimentos cardíacos, o aborto espontâneo é muito menos provável, mas pode ocorrer mesmo assim.

Uma ultrassonografia também pode ajudar a identificar:

  • Um aborto espontâneo que está incompleto, infectado ou que não tenha sido notado

  • Qualquer parte de placenta ou de outros tecidos relacionados com a gravidez que permanece no útero

  • Um cisto de corpo lúteo rompido

  • Uma mola hidatiforme ou outra forma de doença trofoblástica gestacional

  • Às vezes, uma gravidez ectópica, dependendo de onde ela está localizada e de seu tamanho

Medir os níveis de hCG ajuda o médico a interpretar os resultados da ultrassonografia e diferenciar uma gravidez normal de uma gravidez ectópica. Se a probabilidade de uma gravidez ectópica for baixa, os níveis de hCG são medidos com frequência, e a ultrassonografia é repetida conforme necessário. Se a possibilidade de ocorrer o rompimento de uma gravidez ectópica for moderada ou alta, é possível que o médico faça uma pequena incisão logo abaixo do umbigo e insira um tubo de visualização (laparoscópio) para visualizar diretamente o útero e as estruturas adjacentes (laparoscopia) e, assim, determinar se uma gravidez ectópica está presente.

Tratamento

Se o sangramento for abundante, se a mulher entrar em choque ou se uma gravidez ectópica for provável, uma das primeiras coisas que o médico faz é inserir um cateter grande em uma veia para que o sangue possa ser rapidamente administrado por via intravenosa.

Quando o sangramento resulta de um distúrbio, esse é tratado, se possível. Por exemplo, cirurgia será realizada imediatamente caso uma gravidez ectópica tenha se rompido.

Embora os médicos normalmente recomendem ficar de repouso quando um aborto espontâneo parece possível, não há nenhuma evidência de que ficar de repouso ajude a prevenir o aborto espontâneo. Abster-se de relações sexuais é aconselhável, embora a relação sexual não esteja definitivamente ligada a abortos espontâneos.

Pontos-chave

  • A causa mais comum de sangramento no início da gestação é um aborto espontâneo.

  • A causa mais grave de sangramento vaginal é uma gravidez ectópica.

  • Uma gestante deve consultar um médico imediatamente se tiver o coração acelerado, desmaios ou se sentir fraca.

  • Os exames de sangue para determinar se o sangue é Rh negativo ou Rh positivo são feitos porque se uma gestante com sangue Rh negativo tiver sangramento vaginal, ela precisa ser tratada com imunoglobulina Rho(D) para impedi-la de produzir anticorpos que podem atacar os glóbulos vermelhos do feto em futuras gestações.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS