Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Investigação de um distúrbio

Por

Michael R. Wasserman

, MD, Los Angeles Jewish Home

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Quando um distúrbio é diagnosticado pela primeira vez, o médico frequentemente oferece um folheto informativo que resume os itens principais de informações. (Consulte também Introdução a aproveitando ao máximo os cuidados com a saúde). As pessoas também podem obter alguns conhecimentos gerais sobre o distúrbio em artigos de jornais, revistas, programas de televisão ou rádio.

Se desejarem aprender mais sobre seu distúrbio, muitas outras fontes de informação estão disponíveis. Pode-se perguntar a médicos, enfermeiros e outros profissionais sobre seu distúrbio ou pedir que recomendem fontes confiáveis de informações. Muitos livros fornecem informação geral e útil sobre os distúrbios. Algumas bibliotecas locais, universitárias ou hospitalares apresentam recursos úteis, como um bibliotecário de pesquisa. A Internet fornece muita informação. Contudo, nem sempre é fácil julgar a credibilidade dessas fontes (consulte STANDS – Comentário).

Geralmente, as fontes médicas do governo são confiáveis e oficiais. Na Internet, dentre as fontes confiáveis que disponibilizam grandes quantidades de informações úteis e precisas ao público, podemos citar

  • National Institutes of Health (Instituto Nacional de Saúde) (NIH)

  • Agency for Healthcare Research and Quality (Agência de Pesquisa e Qualidade em Cuidados de Saúde) (AHRQ)

  • Centers for Disease Control and Prevention (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) (CDC)

Esses sites também fornecem links para outros sites úteis e confiáveis. Também existem muitos sites sobre doenças específicas, direcionadas para o paciente (como a Sociedade Nacional de Esclerose Múltipla), que proporcionam informações sobre um distúrbio em particular. Por outro lado, sites projetados para vender produtos ou serviços específicos podem ser menos confiáveis. Suas informações podem estar distorcidas ou serem imprecisas.

Os grupos de apoio podem fornecer informações úteis, bem como apoio psicológico. Esses grupos podem ser encontrados através de jornais locais, listas telefônicas, hospitais, consultórios médicos ou de outros profissionais da área da saúde e na internet. A maioria das cidades apresentam grupos de apoio, muitas vezes para distúrbios específicos. Por exemplo, o Gilda's Club, que está localizado em várias cidades, oferece apoio para pessoas que têm câncer. Outras pessoas que apresentam o mesmo distúrbio ou que cuidam de alguém com o mesmo distúrbio podem ter muitas sugestões práticas e úteis para a vida diária, como onde encontrar peças de equipamento especializado, qual equipamento funciona melhor e como interagir ou cuidar de alguém com um distúrbio. Outro recurso são as salas de bate-papo da Internet. Esses sites permitem que as pessoas se comuniquem sobre distúrbios específicos e compartilhem eventuais recursos; no entanto, em especial nesses sites, não se deve dar por certa a validade científica das informações.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
O corpo humano: Células, tecidos, órgãos e sistemas
Vídeo
O corpo humano: Células, tecidos, órgãos e sistemas

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS