Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Considerações gerais sobre a nutrição

Por

Adrienne Youdim

, MD, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A nutrição é o processo de consumo, absorção e utilização dos nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento do corpo, bem como para a manutenção da vida.

Uma alimentação adequada e apropriada só é conseguida por meio de uma dieta saudável, constituída por uma variedade de nutrientes (substâncias químicas presentes nos alimentos que nutrem o nosso organismo). A dieta saudável permite manter o peso e a composição corporal (a porcentagem de gordura e de músculo no organismo) desejável, garantindo a capacidade para realizar as atividades diárias físicas e mentais.

O consumo de alimentos em excesso pode levar à obesidade. O consumo de grandes quantidades de certos nutrientes, normalmente vitaminas ou minerais, pode causar efeitos nocivos (toxicidade). Se a pessoa não consumir uma quantidade suficiente de nutrientes, pode ocorrer a desnutrição, dando origem a uma deficiência nutricional.

Avaliação do estado nutricional

Para determinar se uma pessoa consome nutrientes suficientes, o médico faz perguntas sobre os seus hábitos alimentares e a sua dieta e realiza um exame físico para avaliar o funcionamento e a composição corporal.

A altura e o peso são medidos e o índice de massa corporal (IMC) é calculado. O IMC é calculado dividindo o peso (em quilogramas) pela altura (em metros) elevada ao quadrado. O IMC entre 19 e 24 é geralmente considerado normal ou saudável para homens e mulheres. Nos Estados Unidos e em outros países desenvolvidos, muitas pessoas podem apresentar um IMC superior a 24. Manter um peso adequado é importante para a saúde física e mental. Uma tabela de valores de referência de altura e peso pode ser utilizada como orientação, porém o IMC é mais confiável.

Às vezes, a composição corporal, incluindo a porcentagem de gordura corporal, é estimada medindo-se a espessura da prega cutânea ou fazendo-se uma análise da impedância bioelétrica. As formas mais precisas de determinar essa porcentagem incluem medir o peso da pessoa dentro de água (pesagem hidrostática) e fazer um exame de absorciometria de raios X de dupla energia (DXA), mas esses métodos não são fáceis de serem utilizados, podem ser caros e nem sempre estão prontamente disponíveis. Elas são usadas principalmente em pesquisa.

Os níveis de muitos nutrientes podem ser medidos no sangue e, às vezes, nos tecidos. Por exemplo, a medição do nível de albumina, a principal proteína do sangue, pode ajudar a determinar se as pessoas apresentam deficiência de proteína. Os níveis de nutrientes diminuem quando a nutrição não é adequada.

Outra consideração importante diz respeito à qual porcentagem do corpo consiste em gordura e qual porcentagem consiste em músculo (composição corporal). Pesagem hidrostática, espessura da prega cutânea, análise da impedância bioelétrica e absorciometria de raios X de dupla energia são métodos que podem ser utilizados para determinar a composição corporal.

Pesagem hidrostática: O peso da pessoa é medido debaixo d’água, em uma piscina. Os ossos e os músculos são mais densos do que a água; assim, uma pessoa com uma porcentagem alta de tecido magro pesa mais submergida na água do que uma pessoa com uma porcentagem mais elevada de gordura. Embora esse método seja considerado o mais exato, é necessário um equipamento especial que pode não estar prontamente disponível, além de bastante tempo e conhecimento especializado.

Espessura da prega cutânea: A composição corporal pode ser estimada através da medida da quantidade de gordura sob a pele (espessura de uma prega cutânea). A espessura da prega cutânea é medida através de um calibrador numa prega, na parte póstero-superior do braço esquerdo (prega sobre o tríceps). Considera-se normal uma espessura com cerca de 1,25 cm nos homens e de 2,5 cm nas mulheres. Esse valor, em conjunto com a circunferência da parte superior do braço esquerdo, é utilizado para estimar a quantidade de músculo esquelético no corpo (massa magra corporal).

Análise da impedância bioelétrica: Este teste mede a resistência dos tecidos corporais ao fluxo de uma corrente elétrica de baixa voltagem indetectável. Normalmente, coloca-se a pessoa descalça sobre placas metálicas e envia-se uma corrente elétrica que sobe por um pé e desce pelo outro. A gordura corporal e os ossos têm uma resistência ao fluxo elétrico muito mais elevada do que o tecido muscular. Medir a resistência através da corrente permite que os médicos estimem a porcentagem de gordura no corpo. Esse exame tem a duração de apenas 1 minuto.

Absorciometria de raios X de dupla energia (densitometria óssea, DXA): Esse procedimento de imagem determina com precisão a quantidade e a distribuição da gordura no corpo. A DXA emprega uma dose muito baixa de radiação e é segura. No entanto, é muito caro para ser usado rotineiramente.

Tabela
icon

Índice de Massa Corporal (IMC)

Categoria de peso

(IMC)

Normal* (18,5 a 24)

Sobrepeso (25 a 29)

Obeso: Classe I (30 a 34)

Obeso: Classe II (35 a 39)

Obeso: Classe III (≥ 40)

Altura

Peso corporal

152 a 155 cm

44 a 58 kg

58 a 69 kg

69 a 82 kg

81 a 93 kg

>93 kg

157 a 160 cm

47 a 61 kg

62 a 74 kg

74 a 87 kg

87 a 100 kg

>100 kg

162 a 165 cm

50 a 65 kg

66 a 79 kg

79 a 93 kg

93 a 106 kg

>106 kg

168 a 170 cm

54 a 69 kg

70 a 84 kg

84 a 98 kg

98 a 113 kg

>113 kg

173 a 175 cm

57 a 74 kg

74 a 89 kg

89 a 104 kg

104 a 119 kg

>119 kg

178 a 180 cm

60 a 78 kg

79 a 94 kg

95 a 110 kg

110 a 127 kg

>127 kg

183 a 185 cm

64 a 83 kg

84 a 99 kg

100 a 117 kg

117 a 134 kg

>134 kg

188 a 190 cm

67 a 87 kg

88 a 105 kg

106 a 123 kg

123 a 141 kg

>141 kg

193 cm

71 a 89 kg

93 a 108 kg

112 a 127 kg

130 a 145 kg

>145 kg

*IMCs inferiores aos valores normais são considerados como peso abaixo do normal.

Componentes da dieta

Geralmente, os nutrientes dividem-se em duas classes:

  • Macronutrientes: Os macronutrientes são necessários diariamente em grandes quantidades. Incluem proteínas, gorduras, carboidratos, alguns minerais e água.

  • Micronutrientes: Os micronutrientes são necessários em pequenas quantidades diárias — em miligramas (a milésima parte de um grama) e microgramas (a milionésima parte de um grama). Os micronutrientes incluem as vitaminas e determinados minerais necessários para que o corpo use os macronutrientes. Esses minerais são chamados de microminerais porque o corpo precisa apenas de quantidades muito pequenas.

A quantidade diária de água necessária é de 1 ml por cada caloria de energia gasta, ou seja, cerca de 2.500 ml por dia. A ingestão necessária de água pode ser atendida pela água naturalmente contida em vários alimentos e através do consumo de sucos de frutas e verduras, café descafeinado ou chá e água. As bebidas alcoólicas e café, chá e refrigerantes cafeinados podem fazer as pessoas urinarem mais; por isso, são menos úteis.

Os alimentos consumidos diariamente podem conter até 100 mil substâncias. Porém, apenas 300 são classificadas como nutrientes, e apenas 45 são classificadas como nutrientes essenciais:

  • Alguns aminoácidos (componentes da proteína)

  • Alguns ácidos graxos (componentes das gorduras)

Os nutrientes essenciais não podem ser sintetizados pelo organismo e, portanto, devem ser consumidos na dieta.

Os alimentos contêm muitos outros compostos úteis, incluindo algumas fibras (como celulose, pectinas e mucilagens).

Os alimentos também contêm aditivos (como conservantes, emulsionantes, antioxidantes e estabilizadores) que melhoram a produção, o processamento, o armazenamento e o acondicionamento dos alimentos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
Vídeo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
O corpo humano precisa de várias vitaminas e minerais para se desenvolver. Muitos desses nutrientes...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS