Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Melasma

(Cloasma)

Por

Shinjita Das

, MD, Harvard Medical School

Avaliação/revisão completa jan 2021
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Recursos do assunto

O melasma consiste em placas de pigmentação castanho-escuras que aparecem sobre as áreas expostas ao sol, geralmente na face.

  • Podem surgir áreas com placas de cor escura na pele.

  • Os médicos geralmente baseiam o diagnóstico em um exame da pele.

  • O tratamento inclui proteção solar e cremes descolorantes para a pele.

O excesso de pigmentos na pele é chamado de hiperpigmentação Hiperpigmentação A hiperpigmentação é o escurecimento da pele, mais frequentemente causado por uma quantidade anormalmente alta do pigmento cutâneo melanina. Quando expostas à luz solar, as células cutâneas... leia mais Hiperpigmentação . O melasma tende a aparecer durante a gravidez (chamado a mancha de gravidez Pele Pele ) e nas mulheres que tomam contraceptivos orais Contraceptivos orais Os hormônios contraceptivos podem ser Tomados por via oral (contraceptivos orais) Inseridos na vagina (anéis vaginais) Aplicados na pele (adesivo) Implantados sob a pele leia mais Contraceptivos orais , embora possa surgir em qualquer pessoa. O distúrbio é mais comum entre pessoas de tez escura e persiste por mais tempo nelas. Dez por cento dos casos ocorrem em mulheres que não estão grávidas e em alguns homens de tez escura.

Pessoas que passam muito tempo no sol têm mais risco de apresentar melasma. Outros fatores de risco incluem distúrbios autoimunes da tireoide e medicamentos que tornam a pele das pessoas mais sensíveis aos efeitos da luz solar.

Sintomas de melasma

As áreas com placa irregular de cor escura aparecem na pele, geralmente dos dois lados do rosto. A pigmentação surge, com mais frequência, no centro da face e sobre as bochechas, na testa, na têmpora, no lábio superior e no nariz. Por vezes, as pessoas têm as placas apenas num dos lados da face. Em casos raros, o melasma surge nos antebraços. As placas não causam coceira nem dor e são apenas incômodas esteticamente.

Diagnóstico de melasma

  • Avaliação médica

  • exame com lâmpada de Wood

Os médicos baseiam o diagnóstico de melasma em um exame da pele.

Tratamento de melasma

  • Proteção solar

  • Cremes descolorantes para a pele

  • Às vezes, esfoliação química

Os tratamentos aplicados na pele serão eficazes somente se a hiperpigmentação afetar as camadas superiores da pele. Os cremes descolorantes para a pele, que contêm hidroquinona, tretinoína ou um corticosteroide, podem ser usados em combinação para ajudar a clarear as manchas escuras. A hidroquinona deve ser usada somente sob orientação médica, pois o uso prolongado pode, na verdade, causar hiperpigmentação permanente. Um creme contendo ácido azelaico pode ser usado em combinação ou no lugar de hidroquinona, tretinoína ou ambas.

Os médicos podem tentar um peeling químico com ácido glicólico ou tricloroacético em pessoas que não respondem aos cremes descolorantes.

Os tratamentos com laser e ácido tranexâmico, que é um medicamento tomado por via oral, também são utilizados.

Durante e depois do tratamento, as pessoas devem ter estrita proteção ao sol, pois a pele acaba ficando mais propensa à queimadura do sol. Até mesmo a exposição ao sol por poucas horas pode fazer a hiperpigmentação começar novamente nas áreas tratadas, o que acaba desfazendo os resultados de meses de tratamento.

Se a pele for protegida do sol, o melasma muitas vezes diminui depois da gravidez ou depois que cessar o uso de anticoncepcional oral. Em homens, o melasma raramente diminui.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS