Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Picadas de ácaros

Por

Robert A. Barish

, MD, MBA, University of Illinois at Chicago;


Thomas Arnold

, MD, Department of Emergency Medicine, LSU Health Sciences Center Shreveport

Última modificação do conteúdo ago 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Há vários tipos de ácaros que picam. Bichos-de-pé são provavelmente os mais comuns. São larvas de ácaros que se difundem plenamente no campo, exceto em regiões áridas; eles mordem, alimentam-se da pele e depois caem. Fora dos EUA, os trombiculídeos podem ser portadores de Orientia tsutsugamushi ( Tifo rural). Eles não fazem caminhos na pele, mas seu pequeno tamanho faz com que não sejam facilmente observados em sua superfície.

Espécies de ácaros comuns que picam e cavam túneis na pele incluem Sarcoptes scabiei, que causa escabiose e ácaros Demodex, que causam dermatite semelhante à escabiose (às vezes chamada sarna).

A dermatite é causada por ácaros que ocasionalmente mordem humanos, mas são ordinariamente ectoparasitas de pássaros, roedores ou animais de estimação, e por ácaros associados a materiais vegetais, comidas ou bebidas armazenadas.

  • Ácaros de pássaros podem morder pessoas que manipulam aves domésticas vivas, pássaros em gaiolas ou que tenham ninhos de pássaros em sua residência.

  • Ácaros de roedores de gatos, cães (especialmente filhotes) e coelhos podem morder pessoas.

  • Ácaros da sarna de porcos (S. scabiei var suis), em fazendas de porcos ou leitões, podem também morder humanos.

  • Com frequência, o ácaro pruriginoso da palha (Pyemotes tritici) é associado à palha, grãos, feno ou outros materiais de plantas; é parasita em insetos de corpo friável, os quais estão ou estiveram presentes nestes materiais. Esses ácaros costumam picar pessoas que manipulam itens infectados. Trabalhadores em celeiros, aqueles que manipulam feno ou grãos e aqueles que secam arranjos de plantas correm mais riscos.

Diversas espécies de ácaros associados a grãos estocados, queijos e outros alimentos causam dermatites alérgicas ou prurido dos merceeiros. Esses ácaros não picam, mas causam dermatite alérgica em pessoas sensibilizadas aos alérgenos dos ácaros ou de seus dejetos.

Ácaros da poeira domiciliar não mordem, mas se alimentam de células descamadas da pele encontradas em travesseiros, colchões e solo (especialmente em carpetes). São importantes, pois muitas pessoas desenvolvem hipersensibilidade pulmonar aos alérgenos presentes em exoesqueleto e fezes.

Sinais e sintomas

A maioria das mordidas causa algum tipo de dermatite pruriginosa; o prurido das mordida dos bichos-de-pé é muito intenso.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

O diagnóstico das consequências das mordidas dos ácaros que não fazem túneis é presuntivamente fundamentado em história do paciente (p. ex., ambientes de moradia, trabalho e recreacional) e exame físico. Os ácaros são raramente encontrados, pois se soltam e caem após a mordida; a reação da pele é frequentemente demorada e muitos pacientes procuram assistência médica somente após vários dias. Em geral, as lesões causadas por diferentes ácaros são indistintas e superficialmente se assemelham a outras doenças de pele (p. ex., outras picadas de insetos, dermatite de contato, foliculite).

O diagnóstico de ácaros que fazem túneis pode ser feito presumivelmente baseado na história em um padrão de lesões na pele similar à escabiose. Se o diagnóstico não for claro ou se o tratamento for ineficaz, o diagnóstico pode ser confirmado por biópsia da pele.

Tratamento

  • Corticoides tópicos ou anti-histamínicos orais

  • Tratamento antimicrobiano, como permetrina, contra ácaros escavadores

O tratamento dos ácaros que não fazem túneis é sintomático. Corticoides tópicos ou anti-histamínicos por via oral são utilizados quando necessário para controlar prurido, até que haja regressão da reação de hipersensibilidade. Por meio da discussão das possíveis causas, o médico pode auxiliar o paciente a evitar exposições repetidas aos ácaros. O tratamento das mordidas de Demodex é feito por consulta com veterinário.

Pontos-chave

  • Os ácaros que mordem incluem os trombiculídeos (pequenos demais para serem vistos) e, ocasionalmente, ácaros que são ectoparasitas de pássaros, roedores ou animais de estimação, e ácaros associados a materiais vegetais, comidas ou bebidas armazenadas.

  • Ácaros que picam e escavam são Sarcoptes scabiei, que causa sarna e os ácaros Demodex, que causam dermatite escabioide.

  • Ácaros que picam geralmente causam dermatites pruriginosas.

  • Diagnosticar pacientes pela história e, para ácaros escavadores, pelo padrão escabioide das lesões cutâneas.

  • Tratar os sintomas (p. ex., corticoides tópicos ou anti-histamínicos orais para prurido) e tratar as picadas de ácaros escavadores com terapia antimicrobiana.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Alteração unilateral no teste de Thompson
Vídeo
Alteração unilateral no teste de Thompson
Modelos 3D
Visualizar tudo
Tecido conjuntivo musculoesquelético
Modelo 3D
Tecido conjuntivo musculoesquelético

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS