Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Infecção por Taenia Saginata (tênia da carne bovina)

Por

Richard D. Pearson

, MD, University of Virginia School of Medicine

Última modificação do conteúdo jul 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

A infecção pela tênia da carne bovina, Taenia saginata, pode produzir desconforto gastrintestinal leve ou passagem de um segmento móvel nas fezes. É tratada com praziquantel.

O gado é o hospedeiro intermediário para T. saginata. Seres humanos são infectados por

  • Ingerir cisticercos (forma larval) presentes na carne bovina crua ou malcozida.

As larvas amadurecem em aproximadamente 2 meses até vermes adultos (normalmente, somente 1 a 2 estão presentes), que podem viver por vários anos.

A infecção por T. saginata ocorre no mundo todos, mas especialmente em regiões de criação de gado nos trópicos e subtrópicos da África, no Oriente Médio, na Europa Oriental, no México e na América do Sul. A infecção não é comum em gado nos EUA e é monitorada por inspeção federal.

Pacientes podem ser assintomáticos ou apresentar sintomas digestórios leves. A passagem de um segmento móvel (proglotes) frequentemente é o que faz um paciente assintomático buscar serviço médico.

Diagnóstico

  • Exame microscópico de fezes para presença de ovos e proglotes

As fezes devem ser examinadas quanto a proglotes e ovos; ovos também podem estar presentes em swabs anais. Os ovos de T. saginata são indistinguíveis dos ovos de T. solium (tênia da carne de porco) e T. asiatica, assim como as características clínicas e o manuseio das infecções intestinais decorrentes dessas 3 tênias.

Tratamento

  • Praziquantel

  • Alternativamente, niclosamida (fora dos EUA)

O tratamento da infecção por T. saginata é feito com uma única dose oral de praziquantel, 5 ou 10 mg/kg.

Alternativamente, uma única dose de 2 g de niclosamida (não disponível nos EUA) é dada em 4 comprimidos (500 mg cada) que são mastigados um de cada vez e engolidos com uma pequena quantidade de água. Para crianças, a dose de niclosamida é 50 mg/kg (dose máxima de 2 g) uma vez.

Considera-se que o tratamento foi bem-sucedido quando nenhuma ovo de Taenia tiver sido identificado nas fezes 1 a 3 meses após o tratamento.

Pode-se prevenir infecção por T. saginata cozinhando cortes inteiros de carne bovina a ≥ 63 °C aferido por termômetro alimentar colocado na parte mais espessa da carne, permitindo a seguir que a carne descanse por 3 minutos antes de cortar ou consumir. A carne moída deve ser cozida a ≥ 71 °C. Carne moída não requer um período de descanso.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS