Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Visão geral das infecções por Bartonella

(Bartonelose)

Por

Larry M. Bush

, MD, FACP, Charles E. Schmidt College of Medicine, Florida Atlantic University;


Maria T. Perez

, MD, Wellington Regional Medical Center, West Palm Beach

Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

Bartonella sp são bactérias Gram-negativas previamente classificadas como Rickettsiae. Elas são organismos intracelulares facultativos que normalmente vivem dentro de eritrócitos e células endoteliais. Causam várias doenças incomuns ( Algumas infecções causadas por Bartonella):

O risco é maior em hospedeiros imunocomprometidos.

Infecção por Bartonella (bartonelose) é normalmente adquirida por seres humanos via um vetor inseto.

Tabela
icon

Algumas infecções causadas por Bartonella

Espécie

Manifestações*

Em risco

Inseto vetor

Tratamento

B. henselae, B. quintana

Lesões cutâneas protuberantes semelhantes à amora

Doença visceral disseminada

Linfadenopatia

Hepatoesplenomegalia

Pacientes imunocomprometidos

Piolhos, pulgas

Doxiciclina, azitromicina, eritromicina

B. quintana

Febre prolongada ou recorrente

Pessoas que vivem em condições de aglomeração ou com higiene precária

Pacientes imunocomprometidos sob risco de infecção disseminada

Piolho do corpo

Doxiciclina, eritromicina, rifampicina (gentamicina IV acrescentada durante 2 semanas para endocardite)

B. henselae

Linfadenopatia

Febre

Endocardite em pacientes que tiveram doença cardíaca valvular

Proprietários de gatos

Pacientes imunocomprometidos sob risco de infecção disseminada

Possivelmente, pulgas de gatos (que também transmitem os microrganismos entre os gatos)

Doxiciclina, eritromicina, rifampicina (gentamicina IV acrescentada durante 2 semanas para endocardite)

Febre de Oroya, verruga peruana, doença de Carrión

B. bacilliformis

Anemia hemolítica febril aguda, lesões de pele similares às da angiomatose bacilar

Infecções secundárias

Residentes da Cordilheiras dos Andes, em altitudes de 600–2.400 m

Flebotomíneo Phlebotomus

Doxiciclina, cloranfenicol, rifampicina, fluoroquinolonas, estreptomicina

*Em hospedeiro normal.

Doxiciclina é geralmente o fármaco preferido.

O tratamento geralmente não é necessário em pacientes com sistemas imunes normais, contudo a bacteremia por Bartonella pode ser agravada pela endocardite.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS