Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Doença de Bowen

(Doença de Bowen; Carcinoma de células escamosas intraepidérmico)

Por

Gregory L. Wells

, MD, Ada West Dermatology, St. Luke’s Boise Medical Center, and St. Alphonsus Regional Medical Center

Última modificação do conteúdo mar 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

A doença de Bowen é um carcinoma de células escamosas superficial in situ.

A doença de Bowen é mais comum em áreas expostas ao sol, mas pode aparecer em qualquer local.

Sinais e sintomas

A lesão pode ser única ou múltipla. É vermelho-amarronzada, descamativa ou crostosa, com discreta rigidez, e geralmente se assemelha a uma discreta placa localizada de psoríase, dermatite ou infecção por dermatófito.

Diagnóstico

  • Biópsia

O diagnóstico da doença de Bowen é feito por biópsia, que mostra displasia epidérmica de espessura total, mas sem comprometimento da derme.

Tratamento

  • Remoção ou ablação por meio de métodos locais

O tratamento da doença de Bowen depende das características da lesão e pode ser feito por quimioterapia, curetagem, eletrodissecção, excisão cirúrgica, eletrocautério ou crioterapia.

Prevenção

Como diversos cânceres da pele são relacionados com exposição aos raios UV, medidas são recomendáveis para limitar a exposição.

  • Evitar o sol: procurar a sombra, diminuir as atividades fora de casa das 10 h às 16 h (quando os raios solares são mais intensos) e evitar banhos de sol e câmaras de ultravioleta.

  • Usar roupas protetoras: camisas de manga longa, calças compridas e chapéus de aba larga.

  • Uso de fotoprotetores: pelo menos com FPS 30 com proteção UVA/UBV de amplo espectro, usado diretamente (reaplicados a cada 2 horas e depois de nadar ou suar); não deve ser usado para exposição solar prolongada.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS