Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Epicondilite lateral

(cotovelo de tenista)

Por

Paul L. Liebert

, MD, Tomah Memorial Hospital, Tomah, WI

Última revisão/alteração completa jun 2018| Última modificação do conteúdo jun 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A epicondilite lateral é a inflamação dos tendões dos músculos que fazem com que a mão seja estendida para trás e para o lado oposto da palma.

  • A pessoa sente dor na parte externa do cotovelo e na parte posterior do antebraço.

  • A aplicação de gelo, a administração de analgésicos, o repouso e a prática de exercícios são geralmente eficazes.

Os músculos do antebraço que estão ligados à parte externa do cotovelo podem ficar doloridos quando submetidos a tensão repetitiva ( Quando surgem dores no cotovelo). O tendão que prende esses músculos ao cotovelo pode ficar inflamado e muito dolorido.

Cotovelo de tenista
Cotovelo de tenista
VIDEO

Causas

A epicondilite lateral pode ser causada por lesões do lado esquerdo no tênis. Outras atividades (por exemplo, remar ou fazer flexões do antebraço ao segurar pesos e rodar uma chave de fendas repetida e forçosamente) também podem causar epicondilite lateral.

Entre os fatores que aumentam a probabilidade de desenvolver epicondilite lateral entre jogadores de tênis, contam-se a fraqueza dos músculos do ombro e do antebraço, o uso de raquete demasiado tensa ou com cabo excessivamente pequeno, bater na bola com a extremidade da raquete (e não com o ponto favorável) e o bater em bolas pesadas ou molhadas. Bater na bola com as costas da mão e permitir que o pulso seja fletido aumenta a probabilidade de desenvolver epicondilite lateral.

Sintomas

A dor situa-se na parte exterior do antebraço quando o pulso é estendido para o lado oposto da palma. A dor pode se estender desde a área que rodeia o cotovelo até à parte média do antebraço. A dor pode aumentar mediante um aperto firme (aperto de mão) ou mesmo ao girar maçanetas. Continuar a tensionar os músculos do antebraço pode piorar este quadro e resultar em dor mesmo quando o antebraço não estiver sendo usado.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

Os médicos estabelecem o diagnóstico com base nos sintomas e no resultado do exame físico. A parte externa do cotovelo dói quando a pessoa coloca o braço e a palma da mão virados para baixo sobre uma mesa e tenta levantar a mão contra resistência, dobrando o pulso para trás.

Tratamento

  • Repouso

  • Reabilitação

É aplicado gelo na parte externa do cotovelo e devem ser evitados exercícios que causem dor. Os exercícios que não impliquem utilizar os músculos extensores do pulso, como praticar jogging ou andar de bicicleta, podem constituir alternativas para as pessoas continuarem a manter a forma física. À medida que a dor diminui, podem ser iniciados exercícios de flexibilidade e fortalecimento do cotovelo e do pulso. A utilização de uma ligadura por parte da pessoa que sofre de cotovelo de tenista (geralmente durante algumas semanas) pode ser benéfica. Quando a dor decorrente de epicondilite lateral é intensa, um profissional de saúde pode injetar um corticosteroide na parte externa do cotovelo. Só raramente é necessária uma intervenção cirúrgica.

Alongamento flexor do pulso
Alongamento flexor do pulso
VIDEO
Flexão resistida do pulso com peso
Flexão resistida do pulso com peso
VIDEO
Preensão resistida de mãos e dedos com toalha
Preensão resistida de mãos e dedos com toalha
VIDEO
Abdução de dedo resistido e extensão com massa
Abdução de dedo resistido e extensão com massa
VIDEO
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Terapia de células-tronco alogênicas
Vídeo
Terapia de células-tronco alogênicas
Células-tronco são células ímpares localizadas na medula óssea ou no sangue periférico capazes...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Tórax
Modelo 3D
Tórax

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS