Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Vacina contra hepatite A

Por

Margot L. Savoy

, MD, MPH, Lewis Katz School of Medicine at Temple University

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A vacina contra hepatite A ajuda a proteger contra a hepatite A. Geralmente, a hepatite A é menos séria do que a hepatite B. A hepatite A muitas vezes não causa sintomas, embora possa causar febre, enjoo, vômito e icterícia e, raramente, resultar em insuficiência hepática grave e morte. A hepatite A não leva à hepatite crônica.

O uso da vacina reduziu o número de pessoas que se infectaram.

Para obter mais informações, consulte a Declaração de informações sobre a vacina contra a hepatite A dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças) (CDC).

Administração

A vacina da hepatite A é dada por injeção em um músculo. Como parte da vacinação infantil de rotina, são administradas duas doses a todas as crianças: geralmente entre os 12 e 23 meses de idade e seis a dezoito meses depois. Depois da primeira dose, as pessoas ficam inteiramente protegidas por seis a 12 meses e, depois da segunda dose, as crianças ficam protegidas durante pelo menos 14 a 20 anos. Os adultos que completaram a série de vacinas quando crianças estão protegidos durante pelo menos 20 anos.

A vacina contra hepatite A também é recomendada para qualquer adulto que desejar proteção contra a hepatite A e para adultos com maior risco de infecção, como os seguintes:

  • Viajantes para áreas onde a doença é comum

  • Pessoas que injetam drogas ilícitas

  • Pessoas que praticam sexo anal

  • Pessoas que têm uma doença hepática crônica ou um distúrbio de coagulação do sangue

  • Adultos saudáveis que foram recentemente expostos ao vírus da hepatite A

  • Pessoas em situação de rua

  • Pessoas que preveem contato próximo com uma criança adotada durante os primeiros sessenta dias depois de a criança chegar aos Estados Unidos de uma área onde a hepatite A seja comum

Se as pessoas tiverem uma doença temporária, os médicos costumam aguardar para administrar a vacina até que a doença esteja curada (consulte também CDC: Quem NÃO deve ser vacinado com essas vacinas?).

Efeitos colaterais

O local da injeção às vezes fica dolorido, vermelho e inchado. Nenhum efeito colateral sério foi relatado.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como lavar as mãos
Vídeo
Como lavar as mãos
Modelos 3D
Visualizar tudo
Herpes labial
Modelo 3D
Herpes labial

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS