Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Clamídia

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é clamídia?

Clamídias são bactérias que podem causar vários tipos de infecção. Uma infecção comum por clamídia é uma doença sexualmente transmissível (DST). Uma DST é uma infecção transmitida de pessoa para pessoa por contato sexual.

Uma DST por clamídia pode afetar os genitais e, em mulheres, as trompas de Falópio e os ovários. As trompas de Falópio ligam os ovários (órgãos sexuais que armazenam os óvulos) ao útero.

Às vezes, praticar sexo oral com uma pessoa que tem clamídia pode causar uma infecção da garganta por clamídia. O sexo anal pode causar infecção no reto (o local onde as fezes ficam armazenadas).

  • Você pode contrair clamídia por sexo vaginal, oral ou anal com uma pessoa infectada

  • Uma mulher grávida pode transmitir clamídia para os olhos ou pulmões do bebê durante o nascimento

  • Você pode não apresentar nenhum sintoma mesmo que esteja infectado, ou pode começar a perceber sintomas muitas semanas depois de ter sido infectado

  • Em homens, os sintomas incluem secreção pelo pênis e uma sensação de ardência na uretra (extremidade do pênis) durante a micção (ao urinar)

  • Em mulheres, os sintomas incluem sentir necessidade frequente de urinar, dor ao urinar e eliminação de um líquido espesso e amarelado da vagina (corrimento vaginal)

  • Mulheres que não receberem tratamento podem ter danos permanentes fazendo com que fique difícil ou até mesmo impossível que tenham um bebê

  • Se você for sexualmente ativo(a), converse com seu médico sobre um teste de triagem para clamídia

  • Os médicos tratam clamídia com antibióticos

Uma mulher que tiver clamídia e não for tratada pode contrair doença inflamatória pélvica (DIP). A DIP é uma infecção do útero, das trompas de Falópio ou de ambos. A DIP também pode se disseminar para os ovários e a corrente sanguínea. A DIP pode danificar os órgãos reprodutores e fazer com que seja difícil ter um bebê.

Um homem que tenha clamídia pode desenvolver epididimite, uma infecção do epidídimo. O epidídimo é o tubo em espiral no alto de cada testículo. A epididimite pode causar dor e inchaço no escroto.

Quais são os sintomas de clamídia?

Mulheres

Muitas mulheres não têm sintomas ou têm apenas poucos sintomas:

  • Sensação de precisar urinar com mais frequência que o normal

  • Dor ao urinar

  • Eliminação de líquido amarelado pela vagina (corrimento vaginal)

  • Dor durante o sexo

  • Às vezes, dor intensa na parte inferior do abdômen

Homens

A maioria dos homens apresenta sintomas:

  • Ardência e dor ao urinar

  • Sensação de precisar urinar mais que o normal

  • Secreção transparente ou turva (líquido espesso) pelo pênis

  • O orifício do pênis fica avermelhado e de manhã cedo os rebordos estão colados devido às crostas

  • Inchaço doloroso do escroto em um ou ambos os lados (se você tiver epididimite)

Mulheres e homens

Se houver infecção no reto, você pode sentir dor e eliminar uma secreção amarelada pelo ânus (o local de onde saem as fezes).

Se houver infecção na garganta, normalmente você não manifesta nenhum sintoma.

Você ainda pode transmitir a infecção para seu(sua) parceiro(a), mesmo que não apresente nenhum sintoma.

Como os médicos sabem se eu tenho clamídia?

  • Os médicos suspeitam de clamídia de acordo com os sintomas

  • Para terem certeza, eles farão exames de urina ou de uma amostra retirada do pênis, vagina, garganta ou reto

Seu médico poderá inserir um cotonete no pênis, garganta ou reto para obter uma amostra do líquido a ser examinado. Se for mulher, seu médico examinará sua vagina usando um espéculo de plástico e coletará a secreção do colo do útero (parte inferior do útero que se abre para a vagina) usando um cotonete.

Se estiver grávida ou com mais risco de ter clamídia, seu médico poderá fazer um exame de urina para pesquisar clamídia caso você não tenha nenhum sintoma. Mulheres correm mais risco se:

  • Estiverem mantendo relações sexuais e tiverem menos de 25 anos

  • Já tiverem tido uma DST

  • Praticarem atividades sexuais arriscadas (como ter vários parceiros sexuais, não usar preservativos regularmente ou participar de atividade sexual profissional)

  • Tiverem um parceiro que pratica atividades sexuais arriscadas

Homens correm mais risco se:

  • Tiverem tido relações sexuais com um homem no ano anterior

Os médicos também analisarão seu sangue ou urina para verificar se há outras DSTs, pois muitas pessoas têm mais de uma DST.

Como os médicos tratam clamídia?

Os médicos irão:

  • Prescrever antibióticos a você e seu(sua) parceiro(a) sexual

  • Pedir-lhe para evitar relações sexuais até ter tomado todos os antibióticos para prevenir a propagação de clamídia

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS