Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Considerações gerais sobre eletrólitos

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que são eletrólitos?

Os eletrólitos são minerais que circulam no organismo. Esses minerais também se encontram nos líquidos estomacais, nas fezes (cocô), na urina e dentro dos tecidos do organismo. Sal (sódio) é um exemplo de eletrólito. Potássio, cálcio e magnésio são outros exemplos.

Os eletrólitos colaboram com muitas funções do organismo:

  • O controle da função dos nervos e músculos

  • O equilíbrio da quantidade de água no organismo

  • O equilíbrio dos níveis de ácido no organismo

Os rins são responsáveis por manter o equilíbrio adequado de eletrólitos no sangue. Ter uma quantidade excessiva ou insuficiente de um determinado eletrólito pode causar problemas de saúde.

O que causa um distúrbio eletrolítico?

O organismo pode apresentar um desequilíbrio eletrolítico se a pessoa:

  • Tiver vômitos e/ou diarreia (defecar fezes moles ou líquidas com frequência) em grande quantidade

  • Transpirar muito em um dia quente

  • Beber água em excesso ou não beber água suficiente

  • Tomar determinados medicamentos

  • Tiver determinadas doenças do coração, rim ou fígado

Quais são os sintomas de um distúrbio eletrolítico?

A pessoa pode não ter sintoma algum. Se a pessoa tiver sintomas, eles dependem bastante de qual eletrólito está desequilibrado. Porém, em geral, é possível que a pessoa:

  • Se sinta fraca e cansada

  • Sinta cãibras ou fisgadas nos músculos

  • Fique confusa

  • Tenha um batimento cardíaco irregular

De que maneira o médico sabe que a pessoa tem um distúrbio eletrolítico?

O médico faz um exame de sangue para ver se a pessoa tem um distúrbio eletrolítico.

De que maneira o médico trata um distúrbio eletrolítico?

O médico tenta equilibrar os eletrólitos da pessoa.

  • Se a pessoa tiver uma quantidade insuficiente de um determinado eletrólito, normalmente ela recebe aquele eletrólito por via oral ou pela veia (via intravenosa)

  • Se a pessoa tiver uma quantidade excessiva de um determinado eletrólito, é possível que ela receba hidratação intravenosa ou um medicamento que ajuda a removê-lo do organismo

Alguns problemas eletrolíticos graves podem necessitar de diálise renal (um tratamento que drena o sangue do corpo, filtra o sangue e depois o devolve o corpo).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Diabetes mellitus
Vídeo
Diabetes mellitus
Durante o processo digestivo, uma grande parte dos alimentos consumidos é convertida em glicose...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS