Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Acidente vascular cerebral

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é um acidente vascular cerebral?

Um acidente vascular cerebral é um problema súbito no cérebro que ocorre quando um vaso sanguíneo no cérebro fica bloqueado ou se rompe e sangra.

Uma parte do cérebro não recebe mais sangue. O tecido cerebral que não recebe sangue para de trabalhar e morre. Se uma área grande do tecido cerebral for afetada, os sintomas serão mais graves.

Se um vaso sanguíneo bloqueado se desobstruir rapidamente, por si só, os sintomas poderão desaparecer completamente. Isso é chamado de ataque isquêmico transitório (AIT), que é um sinal de alerta de que logo você poderá sofrer um acidente vascular cerebral.

  • Os sintomas do acidente vascular cerebral surgem de repente

  • Você apresenta diversos sintomas, dependendo de qual área e de quanto do cérebro foi afetado

  • Você pode apresentar dormência ou queda facial, fraqueza no braço ou na perna, dificuldade para enxergar, dificuldade para falar ou uma dor de cabeça muito forte

  • Muitas vezes, os sintomas envolvem apenas um lado do corpo

  • Muito embora o tecido cerebral que morre nunca seja refeito, às vezes outras áreas do cérebro aprendem a assumir a tarefa da parte danificada

  • Se você tiver qualquer sintoma que o faça achar que está tendo um acidente vascular cerebral, você deve ir a um pronto-socorro

  • O tratamento com medicamentos pode ajudar a limitar o dano cerebral e a prevenir um futuro acidente vascular cerebral

O que causa um acidente vascular cerebral?

Os acidentes vasculares cerebrais são causados por uma falta de fluxo sanguíneo para uma parte do cérebro devido a:

  • Bloqueio de um vaso sanguíneo no cérebro

  • Sangramento de um vaso sanguíneo no cérebro

O bloqueio de um vaso sanguíneo pode ser causado por:

  • Um coágulo sanguíneo que se forma em um vaso sanguíneo no cérebro

  • Um coágulo sanguíneo que se forma no coração ou em um vaso sanguíneo próximo ao coração que se solta, se move pela corrente sanguínea e fica preso em um vaso sanguíneo do cérebro

  • Um depósito de gordura (placa) que se solta do revestimento de um vaso sanguíneo, viaja para o cérebro e fica preso em um vaso sanguíneo que está ali

Depósitos de gordura em vasos sanguíneos são chamados de aterosclerose (endurecimento das artérias). A aterosclerose nos dois vasos sanguíneos grandes no pescoço (as artérias carótidas) pode causar um acidente vascular cerebral ou ataque isquêmico transitório (AIT) porque esses vasos sanguíneos são o principal suprimento de sangue para o cérebro.

Um sangramento do vaso sanguíneo no cérebro pode ser causado por:

  • Um aneurisma que se rompe

Um aneurisma é uma protuberância na parede de um vaso sanguíneo. Se você tiver um acidente vascular cerebral por causa de um aneurisma, é provável que tenha nascido com esse aneurisma. Outros aneurismas podem surgir posteriormente quando se tem hipertensão arterial por muitos anos.

Coágulos: Causas do acidente vascular cerebral isquêmico

Quando uma artéria que leva sangue para o cérebro fica obstruída ou bloqueada, um acidente vascular cerebral isquêmico pode ocorrer. Artérias podem ser bloqueadas por depósitos de gordura (ateromas ou placas) devido à aterosclerose. Artérias do pescoço, especialmente as artérias carótidas internas, são um local comum para ateromas.

Artérias também podem ser obstruídas por um coágulo de sangue (trombo). Os coágulos sanguíneos podem formar-se em uma placa de ateroma em uma artéria. Os coágulos também podem se formar no coração de pessoas com uma doença cardíaca. Parte de um coágulo pode se soltar e viajar através da corrente sanguínea (tornando-se um êmbolo). Ele pode, em seguida, obstruir uma artéria que fornece o sangue para o cérebro, tais como uma das artérias cerebrais.

Coágulos: Causas do acidente vascular cerebral isquêmico

Quais são os fatores de risco para sofrer um acidente vascular cerebral?

Os principais fatores de risco para acidentes vasculares cerebrais são:

Outros fatores de risco incluem:

Quais são os sintomas de um acidente vascular cerebral?

Os sintomas começam rapidamente, geralmente dentro de poucos minutos. Um acidente vascular cerebral grave pode matar rapidamente.

Pode haver muitos sintomas diferentes, dependendo de qual área do cérebro não está recebendo sangue suficiente:

  • Sensação de fraqueza ou dormência em um lado da face ou do corpo

  • Dificuldade para falar

  • Dificuldade em engolir

  • Dificuldade de entender o que as pessoas dizem

  • Confusão

  • Perda da coordenação

  • Pontos cegos na visão

O inchaço do cérebro (edema) pode resultar de um acidente vascular cerebral grave. Ele causa sintomas dentro de várias horas a um dia ou dois depois. Você pode ficar confuso ou entrar em coma. O inchaço cerebral é um dos motivos principais pelos quais um acidente vascular cerebral pode ser fatal.

Quais são os problemas de longo prazo após um acidente vascular cerebral?

Depois de um acidente vascular cerebral, você pode:

  • Perder peso ou engasgar com alimentos e bebidas (aspiração) porque você não consegue engolir alimentos adequadamente

  • Ter úlceras de decúbito (úlceras de pressão) porque você não consegue mudar de posição sozinho

  • Desenvolver coágulos de sangue nas pernas porque você não está se movimentando

  • Ter convulsões porque as células cerebrais próximas à área do acidente vascular cerebral estão danificadas

  • Sentir-se deprimido devido a todos os problemas resultantes do acidente vascular cerebral

Como meu médico saberá que tive um acidente vascular cerebral?

Os médicos farão um exame de imagem (tomografia computadorizada [TC] ou ressonância magnética [RM]) para obter fotografias detalhadas de seu cérebro. A TC ou RM dirá ao médico se o acidente vascular cerebral foi causado por um coágulo sanguíneo ou por um vaso sangrando.

Os médicos também farão exames para descobrir o que causou o acidente vascular cerebral:

Como os médicos tratam um acidente vascular cerebral?

Em primeiro lugar, você é hospitalizado.

No hospital

Os médicos não poderão reparar o tecido cerebral danificado por um acidente vascular cerebral. No entanto, seu médico poderá administrar tratamentos para:

  • Retirar um coágulo sanguíneo ou fechar um vaso que está sangrando

  • Evitar que o dano cerebral piore fazendo com que sua frequência cardíaca, pressão arterial e temperatura corporal voltem ao normal

  • Se você tiver tido um coágulo sanguíneo, prevenir outro administrando-lhe afinadores de sangue

  • Ajudar você a realizar suas atividades da melhor forma possível (com reabilitação)

Se seu acidente vascular cerebral tiver sido causado por um coágulo sanguíneo, às vezes os médicos conseguem romper o coágulo com medicamentos (fármacos que dissolvem coágulos). Se o coágulo for rompido com rapidez suficiente, seus sintomas poderão desaparecer completamente. No entanto, os medicamentos precisam ser administrados logo nas primeiras horas. Além disso, algumas pessoas têm risco elevado de complicações devido a esses medicamentos e não podem usá-los de forma segura.

Se o seu acidente vascular cerebral tiver sido causado por estreitamento dos vasos sanguíneos do pescoço, os médicos podem realizar uma cirurgia para abri-los. Ou eles podem inserir um pequeno tubo (stent) no vaso sanguíneo para mantê-lo aberto.

Se o seu acidente vascular cerebral tiver sido causado por sangramento de um vaso sanguíneo, às vezes os médicos conseguem estancar o vazamento. Os médicos inserem uma pequena espiral metálica no vaso que está vazando ou fazem uma cirurgia para fechá-lo.

A reabilitação ajuda você a realizar melhor suas atividades depois de um acidente vascular cerebral. A reabilitação:

  • Começa no hospital, geralmente dentro de 1 ou 2 dias depois do acidente vascular cerebral

  • Inclui exercícios para ensinar as áreas saudáveis de seu cérebro a realizar as tarefas que as áreas danificadas costumavam fazer

  • Continua depois que você sai do hospital

Depois de sair do hospital

O local aonde vai dependerá da gravidade de seus sintomas e de quanta ajuda você precisa. Você pode ir:

  • Para casa

  • Para uma clínica de reabilitação

  • Para uma casa de repouso

Aonde quer que você vá, eventualmente precisará de tratamento por meses ou anos. Os médicos também tentarão prevenir outro acidente vascular cerebral e ajudá-lo a se adaptar aos desafios de sua vida diária. Geralmente eles farão com que você:

  • Tome medicamentos para tratar a causa do acidente vascular cerebral, como hipertensão arterial ou coágulos sanguíneos

  • Continue a reabilitação para ajudar a melhorar sua capacidade realizar atividades

  • Obtenha aconselhamento ou medicamentos para ajudá-lo a lidar com a depressão ou com outras mudanças de humor que podem ocorrer depois do acidente vascular cerebral

Quais são suas chances de se recuperar depois de um acidente vascular cerebral?

Geralmente, quanto mais você melhorar durante os primeiros dias, mais você continuará a melhorar. Geralmente você pode esperar continuar a melhorar por seis meses depois do acidente vascular cerebral.

De dez pessoas que sofrem um acidente vascular cerebral, uma geralmente se recupera quase completamente, três recuperam a maior parte de suas funções, quatro sofrem incapacidades que necessitam de cuidados especiais e duas morrem no hospital.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Punção lombar
Vídeo
Punção lombar
A medula espinhal é um feixe de nervos que percorre desde a base do cérebro por todas as costas...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Coluna vertebral e medula espinhal
Modelo 3D
Coluna vertebral e medula espinhal

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS