Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Adenoma hepatocelular

Por

Steven K. Herrine

, MD, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Um adenoma hepatocelular é um tumor hepático benigno relativamente raro que pode ser confundido com câncer. Raramente, ele se rompe e sangra ou se torna canceroso.

Adenomas hepatocelulares ocorrem, sobretudo, em mulheres em idade fértil, especialmente nas que usam anticoncepcionais orais.

Em geral, não provocam sintomas, motivo pelo qual, em muitos casos, não chegam a ser detectados. Adenomas grandes podem provocar dor na parte superior direita do abdômen. Em circunstâncias raras, o adenoma hepatocelular pode sofrer uma ruptura repentina e sangrar na cavidade abdominal, sendo necessário recorrer a uma intervenção cirúrgica de urgência. Muito raramente, esses tumores se tornam cancerosos.

Pode haver suspeita de adenoma quando um exame de imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada (TC) ou RM é realizado e mostra uma anormalidade. Às vezes, uma biópsia é necessária para confirmar o diagnóstico.

Os adenomas hepatocelulares causados pelo uso de anticoncepcionais orais desaparecem, muitas vezes quando as mulheres deixam de tomá-los. Se os adenomas forem grandes ou localizados perto da superfície do fígado, a cirurgia é recomendada pois há risco de sangramento e câncer.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do fígado e da vesícula biliar
Vídeo
Visão geral do fígado e da vesícula biliar
Modelos 3D
Visualizar tudo
Dentro do fígado
Modelo 3D
Dentro do fígado

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS