Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Dor biliar sem cálculos biliares

Por

Christina C. Lindenmeyer

, MD, Cleveland Clinic

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Dor semelhante àquela causada por cálculos biliares pode ocorrer em pessoas sem cálculos biliares ou que os apresentem pequenos demais para serem detectados pela ultrassonografia. É chamada dor biliar acalculosa.

A vesícula biliar é um órgão pequeno em forma de pera, localizado por baixo do fígado. Ela armazena a bile, um líquido que é produzido pelo fígado e ajuda na digestão. Quando o organismo precisa de bile, como quando as pessoas comem, a vesícula biliar se contrai, expulsando a bile pelos dutos biliares até o interior do intestino delgado. (Consulte também Considerações gerais sobre distúrbios da vesícula biliar e dutos biliares Considerações gerais sobre distúrbios da vesícula biliar e dutos biliares leia mais Considerações gerais sobre distúrbios da vesícula biliar e dutos biliares .)

A dor biliar acalculosa é mais comum em mulheres jovens.

Esse distúrbio pode se desenvolver quando a bile (produzida pela vesícula biliar) não passa pelos dutos para o intestino delgado como de hábito. A passagem da bile pode ficar mais lenta ou ser bloqueada porque

  • Cálculos biliares Cálculos biliares leia mais Cálculos biliares , que podem ser pequenos demais para serem detectados pela ultrassonografia, podem estar presentes.

  • Por motivos desconhecidos, a vesícula biliar não se esvazia normalmente.

  • O trato biliar ou intestino delgado é excessivamente sensível.

  • O músculo em formato de anel entre o duto biliar comum, os dutos pancreáticos e o intestino delgado (esfíncter de Oddi) não funciona adequadamente.

  • Os cálculos biliares podem ter bloqueado os dutos e depois terem saído antes de serem detectados.

Os médicos suspeitam deste distúrbio se as pessoas tiverem dor biliar, mas a ultrassonografia não mostra a presença de cálculos.

A retirada cirúrgica da vesícula biliar (colecistectomia) é geralmente realizada usando-se um tubo de visualização flexível denominado laparoscópio. Após pequenas incisões terem sido feitas no abdômen, o laparoscópio e os instrumentos cirúrgicos são inseridos através das incisões. Os médicos então usam os instrumentos para remover a vesícula biliar.

A colecistectomia também pode fazer com que os sintomas desapareçam se forem causados por cálculos biliares pequenos demais para serem detectados pela ultrassonografia.

Terapias farmacológicas não têm nenhum benefício comprovado.

Mais informações sobre dor biliar

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Hepatite isquêmica
Qual das seguintes é a causa mais comum da hepatite isquêmica?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS