honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Deficiência de cromo

Por

Larry E. Johnson

, MD, PhD, University of Arkansas for Medical Sciences

Última revisão/alteração completa jun 2020| Última modificação do conteúdo jun 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

A deficiência de cromo é rara nos países desenvolvidos e pode resultar de uma utilização prolongada de alimentação intravenosa (nutrição parenteral total).

O cromo permite que a insulina (que controla os níveis de açúcar no sangue) atue e auxilie no processamento (metabolismo) e armazenamento de carboidratos, proteína e gordura. No entanto, não se sabe se o cromo deve ser considerado um micromineral essencial (necessário). Os especialistas ainda não determinaram se suplementos de cromo são úteis para pessoas com diabetes. Pessoas com diabetes não devem tomar suplementos de cromo, a menos que sejam supervisionadas por um especialista em diabetes.

Apenas uma pequena quantidade do cromo nos alimentos é absorvida. O cromo é absorvido melhor quando consumido com alimentos que contêm vitamina C e niacina.

Suplementos de cromo não aumentam o tamanho ou a força dos músculos.

Os sintomas da deficiência de cromo podem incluir perda de peso, confusão, coordenação prejudicada e uma redução da resposta ao açúcar (glicose) no sangue, o que aumenta o risco de ter diabetes.

O tratamento da deficiência de cromo pode envolver suplementos de cromo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS