Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Histórico clínico e exame físico relacionado a distúrbios sanguíneos

Por

David J. Kuter

, MD, DPhil, Harvard Medical School

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Inicialmente, os médicos obtêm o histórico médico de uma pessoa (perguntarão sobre os sintomas, exposição ocupacional ou de outro tipo, e histórico familiar). Depois, os médicos realizam um exame físico. As descobertas decorrentes do histórico e do exame físico ajudam os médicos a decidirem quais exames laboratoriais podem ser necessários.

Histórico clínico

Os médicos podem suspeitar de um distúrbio sanguíneo com base em um grande número de possíveis sintomas. Além disso, alguns fatores do histórico clínico de uma pessoa indicam que a pessoa está em risco. Alguns exemplos incluem:

  • Um distúrbio sanguíneo em um membro da família da pessoa

  • Outro distúrbio (como doença hepática ou renal) que pode causar um distúrbio sanguíneo

  • A etnia ou raça de uma pessoa (por exemplo, anemia falciforme ocorre principalmente em negros)

  • Uso de um medicamento que pode causar hemorragia (como aspirina, medicamentos anti-inflamatórios não esteroides ou varfarina)

  • Exposições (por exemplo, uma exposição ocupacional) a uma substância química que poderia causar hemorragia ou dano à medula óssea

Exame físico

Durante o exame físico, os médicos procuram achados físicos específicos que possam estar relacionados a um distúrbio sanguíneo.

  • Eles examinam a pele e as membranas mucosas (como a superfície interna das pálpebras ou da boca), procurando palidez, vasos sanguíneos anormais (telangiectasias), hematomas, pequenos pontos vermelhos ou roxos ou erupções cutâneas avermelhadas.

  • Eles palpam as áreas do pescoço, axilas e virilhas para verificar o aumento do volume dos linfonodos.

  • Eles examinam as articulações para verificar se estão sensíveis ou inchadas.

  • Eles examinam o abdômen, para verificar o aumento do volume do baço ou do fígado.

  • Eles realizam um exame retal para verificação da presença de sangue nas fezes.

As descobertas decorrentes do histórico e do exame físico ajudam os médicos a decidirem quais exames laboratoriais podem ser necessários.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre o sangue
Vídeo
Considerações gerais sobre o sangue
Linfoma não Hodgkin
Vídeo
Linfoma não Hodgkin
O sistema linfático faz parte do sistema imunológico do corpo, que é responsável por mantê-lo...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS