Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre distúrbios do sangue

Por

David J. Kuter

, MD, DPhil, Harvard Medical School

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

Os distúrbios que afetam o sangue são chamados de distúrbios do sangue ou distúrbios hematológicos. Existem vários distúrbios do sangue, e eles podem afetar a quantidade e a função das células do sangue (células sanguíneas) ou proteínas no sistema de coagulação sanguínea ou sistema imunológico.

Alguns distúrbios sanguíneos fazem com que o número de células no sangue diminua:

Outros distúrbios sanguíneos fazem com que o número de células sanguíneas aumente:

  • Um aumento do número de glóbulos vermelhos é chamado de eritrocitose.

  • Um aumento do número de glóbulos brancos é chamado de leucocitose.

  • Um aumento do número de plaquetas é chamado de trombocitose ou trombocitemia.

Outros distúrbios sanguíneos afetam as proteínas dentro das células sanguíneas ou do plasma sanguíneo (a porção líquida do sangue):

O sangue flui para todas as células do corpo e é importante para a saúde e função de todos os órgãos do corpo.

As células sanguíneas são produzidas na medula óssea, e muitas proteínas do sangue são produzidas no fígado ou nas próprias células sanguíneas. As células sanguíneas e as proteínas do sangue exercem as seguintes funções:

  • Glóbulos vermelhos contêm hemoglobina, que transporta oxigênio para todas as partes do corpo.

  • Glóbulos brancos e anticorpos combatem infecções e cânceres.

  • Plaquetas e fatores de coagulação sanguínea interrompem a hemorragia ou impedem a ocorrência de hemorragia.

Distúrbios sanguíneos causam sintomas que resultam da interrupção dessas funções, podendo surgir em qualquer um dos tecidos e órgãos afetados adversamente.

Os médicos farão perguntas sobre os sintomas da pessoa e realizarão um exame físico, mas, frequentemente, a presença de um distúrbio sanguíneo é descoberta inicialmente por um exame de sangue, como o hemograma completo, realizado quando o médico conduz uma avaliação completa da pessoa ou ao investigar por que a pessoa não está se sentindo bem. O médico normalmente precisa realizar outros exames de sangue para diagnosticar o distúrbio sanguíneo de uma pessoa e, às vezes, uma biópsia da medula óssea é necessária.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS